Blogue luso-brasileiro
Sábado, 17 de Junho de 2017
HUMBERTO PINHO DA SILVA - CONHECER A NOSSA GENTE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estava num estabelecimento, da Avenida José Peixinho, em Aveiro, a tomar o cafezinho matinal, quando escutei dois sujeitos: um, de cabelos brancos e rosto sulcado pela goiva do tempo; outro, ainda jovem, com pouco mais de vinte anos, de calças de ganga azul, e tsirt da mesma cor, ostentando frase, em língua desconhecida - para mim.

Gosto de ouvir o povo: as conversas nos transportes publicos; os motoristas de táxi; os operários; as vendedeiras de feira…Gosto, porque só, por eles,  se pode compreender a sociedade em que se está inserido.

A mass-media pode ser o reflexo, o espelho da colectividade. Mas, quantas vezes, não é a voz das elites?…

Quem quer conhecer a verdade, ouça o povo simples: o pai e a mãe de família.

Dizia o mais idoso para o jovem:

- "Ouvi comentarista, na TV, dizer que o acordo da Europa com o Canadá, é benéfico para nós, já que os canadianos ganham, em média, o dobro dos portugueses…"  -  Lembrei-me de Salazar e dos seus discursos…”

Nesse momento o jovem interrompeu, para recordar os vencimentos dos gestores.

- “É uma pouca vergonha!” - Continuou o velho. - “ Dizem: se não forem bem pagos, emigram. Pensando assim, os trabalhadores deviam ganhar bem, para que os melhores não fujam…Chego a pensar, que a elite, que nos governa, julga: que quem não se expatria, é burro…”

Como o jovem argumentasse que devia haver patriotismo, o senhor de cabelos brancos, retorquiu:

- “ Isso de patriotismo, só se encontra no povo humilde, agarrado à sua terra e à sua gente. Os outros... só pensam na carreira e no dinheiro. Sempre foi assim, e assim será. No meu tempo, quando era moço, como tu, havia muitos que iam a salto para França. Uns, procuravam vida melhor; outros, para não irem para a guerra. Nunca quis ser desertor… Parecia-me atitude indigna e vergonhosa. Fui. Alguns ficaram por lá…; outros, vieram doentes e mutilados. A guerra acabou. Os que cumpriram o dever, nada ganharam...; dos que fugiram, houve quem fosse considerado herói… Ser herói ou traidor, depende do tempo em que se vive. O herói, pode ser traidor, e o traidor herói, de harmonia com a época,  local e  sociedade que se insere.”

A conversa estava interessante. Apurei o ouvido, para melhor entender, já que começaram a falar a meia-voz.

Comentaram as pensões; o aumento dos produtos agrícolas; o facto do IVA descer para a restauração; o desemprego, que desce, porque todos os dias se emigra; a necessidade de braços para a lavoura; e despediram-se, afectuosamente, apertando as mãos com um “ até amanhã”.

E fiquei a pensar: quem quer conhecer verdadeiramente a necessidade do povo: seus problemas, suas ambições, tem que viver no meio dele e escutá-lo

Como se pode conhecer a nossa colectividade, quando se frequenta restaurantes elegantes; e se convive com gente da elite, que aufere bons vencimentos e se passa o tempo em bons hotéis, a viajar pelo mundo?

 

 

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA   -   Porto, Portugal

 



publicado por solpaz às 12:14
link do post | comentar | favorito
|

Europa
mais sobre mim
Brasil
arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
Foz Coa
links