Blogue luso-brasileiro
Sábado, 15 de Julho de 2017
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - VIVÊNCIAS DE ALINHAVO E AFETO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2vl2knt.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 
Gosto demais dessas vivências de alinhavo do passado com o presente e do presente com o passado. Não permitem que nada se perca.
No último dia oito de julho, a Nicolina Nogueira completou 80 anos de vida e de coração bonito. Foi aluna da mamãe, aos oito, em 1945, na Fazenda Ipê em Itatiba. E seu irmão Clodoaldo Nogueira, também. Eram filhos do administrador do local. A mamãe ficava hospedada na fazenda durante a semana e, dessa forma, aproximou-se mais deles ainda. O reencontro entre os alunos e sua professorinha, assim a chamam até hoje, se deu há três anos pelo Clodoaldo. O irmão mais velho, com 90 anos, Gervásio, gosta de relembrar que era ele que selava o cavalo para ela andar ou que a conduzia de charrete até o ponto da estrada onde aguardava, aos finais de semana, a jardineira a fim de retornar a Jundiaí.  Um acontecimento raro o da semana passada: a mestra de 93 anos cantando parabéns para a ex-aluna de 80. Essa família Nogueira - com seus descendentes - entrou para sempre no meu coração. E percebo que o convívio com eles rompe os limites da idade da mamãe: ela se faz presença com alegria. E tem mais, a Nicolina propôs, como lembrança dessa data, aos convidados, um item para os quitutes da Magdala ou de material de escola para a Casa da Fonte – CSJ. Projetos com os quais a mamãe possui laços de ternura e se integra.
 Considero tudo isso incrível!  Um privilégio fazer parte, de alguma forma, dessa história. Gente de alma iluminada a família Nogueira.
Na mesa do bolo da Nicolina, dentre outros encantos, havia a frase: “Desejo que você tenha a quem amar e, quando estiver cansada, ainda exista amor para recomeçar”. Amor, sem dúvida, não lhe falta. Amor, sem dúvida, não lhes falta.
Gratidão imensa por essa experiência de afeto e amizade que o tempo não leva.
 

 

 

MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE -

 Professora e cronista. Coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher – Santa Maria Madalena/ Magdala. Jundiaí, Brasil.

 
 



publicado por solpaz às 14:49
link do post | comentar | favorito
|

Europa
mais sobre mim
Brasil
arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
Foz Coa
links