PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - SOB VITRAIS DO CÉU

                        

 

 

Clarice Lispector escreveu: “As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos”.

Enquanto aguardava a vez para me confessar, observava uma moça que caminhava, dentro da Igreja, com o filho de quatro anos ou um pouco menos. Passava pelos vitrais azuis da Igreja São João Batista e deixava, juntamente, com o pequeno, invadir-se pela luminosidade. Para alguns, apenas a luz do sol que atravessava os vidros com símbolos. Pela expressão dela, o reconhecimento de que a claridade sempre dá sentido novo ao coração e poderá, desde a tenra idade, orientar os passos da criança.

Meus olhos se voltavam para ela e para minha consciência. Não diminuir nada que possa subtrair a graça de Deus. Ser fiel nas surpresas que a vida reserva. Não bendizer ao Altíssimo, pelos dons que Ele me deu, é vanglória. O amor é que distingue os filhos de Deus dos filhos do mal. Discípulos de Cristo não poupam a própria vida. A justiça de Deus começa no coração de quem não cultiva rancor. Em relação aos que Lhe prepararam a cruz, Jesus exclamou: “Pai, perdoai-lhes porque não sabem que fazem” e derramou sobre eles graça e salvação. Prudência sobrenatural é discernir a vontade de Deus e renunciar a qualquer tipo de prazer em que Deus não esteja presente. A cruz, em que Jesus Cristo venceu a morte, é o patíbulo e o troféu de Deus. Se permitir que Deus frutifique os dons de Sua graça em mim, o Espírito soprará como o vento que faz navegar o barco à vela que busca mares fecundos.

A moça apontava para o filho cada um dos vitrais azuis da Igreja. Oferecia-lhe o azul do céu. Defronte ao altar mor, elevou-o no colo, sussurrou algo e o menino, com inclinação serena, beijou o Sacrário.

A mãe o conduziu até o Cálice da Vida, o Cálice com Vida, de onde transborda o Alimento da Eternidade. Preocupação com o essencial para o menino.

Era eu a próxima a confessar. Na contemplação do momento, veio-me o  capítulo 37 do Livro de Ezequiel, a respeito dos ossos ressequidos: “A mão do Senhor estava sobre mim, e o Senhor me levou em espírito para fora e me deixou no meio de uma planície repleta de ossos. (...) E Ele me disse: ‘Profetiza sobre estes ossos e dize-lhes: Ossos ressequidos, ouvi a palavra do Senhor! Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Vou infundir-vos, eu mesmo, um espírito para que revivais. (...) Então sabereis que eu sou o Senhor’. (...) Farei com eles uma aliança de paz; será uma aliança eterna com eles. Eu os estabelecerei e multiplicarei, e no meio deles porei meu santuário para sempre. Minha morada estará junto deles. Eu serei o seu Deus e eles serão o Meu povo. Assim as nações saberão que Eu, o Senhor, santifico Israel, por estar Meu santuário no meio deles para sempre”. Dobrei os meus ossos para o Sacramento da Penitência e o Senhor, o Bom Pastor, na claridade azulada, que continha também o menino com sua mãe a lhe apontar sinais maiores, ofereceu-me a santidade de Seu Espírito e me pôs nos ombros.

 

Maria Cristina Castilho de Andrade

Educadora, coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher e cronista

 



publicado por Luso-brasileiro às 19:08
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links