PAZ - Blogue luso-brasileiro
Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - DEUS É VIVO

         

 

 

Impressionei-me com a história de Maria Baouardy – Irmã Maria de Jesus Crucificado – nascida em cinco de janeiro de 1846, em Abellin, pequena cidade da Galileia perto de Nazaré, após 12 abortos involuntários de sua mãe. Quem escreve sobre ela é Afonso de Santa Cruz, em publicação própria, que encontrei em meio aos livros do Carmelo São José.

Construiu dois Carmelos, um na Índia e outro em Belém da Judéia, sem pôr o pé fora da clausura.

Muito cedo perdeu o pai e a mãe, o que a fez, precocemente, levar a vida a sério, pois cada dia podia ser o último. E como reflete o autor do livro: “Quem está marcado pela Eternidade, não conhece meios termos, justamente quando se trata de um acontecimento de repercussão eterna”.

Comprometida com a humildade, afirmava que a verdadeira graça leva ao aniquilamento: “Quando Deus me visita, eu vejo de tal modo o meu nada, minha miséria, que eu não seria capaz de a suportar, se Ele não me sustivesse”. E explicava humildade como a verdade. Mas o que é a verdade? É a realidade. E qual é a realidade? Somos e seremos sempre pecadores, felizes na proporção do arrependimento e do perdão. Quando aplaudida por algum acontecimento, Irmã Maria de Jesus Crucificado falava em sua linguagem árabe: “Eu apenas enfio a linha na agulha e Jesus costura o vestido brilhante”. O orgulhoso, para ela, era como uma semente de trigo, que é jogada na água. Ela incha, fica gorda. Mas pondo-a ao sol, ela seca e se queima com os raios ardentes.

Encontrava-me rascunhando esta crônica, quando participei, na Igreja do Rosário e São Benedito – Santuário Diocesano de Adoração do Santíssimo –, no último dia 21 de novembro,  da Celebração Eucarística presidida pelo Padre Eugênio Barbosa Martins, SSS, e concelebrada pelo Reitor do Santuário, Padre José Brombal, no jubileu de 75 anos da Irmã Maria Eustela Caiuby – completará 100 anos de idade em dezembro -  e de 50 anos da Irmã Carolina Caravelo.  A festa de Cristo Rei. Cristo vive, reina e impera.  O celebrante, com muita propriedade, colocou que aceitamos o reino de Deus quando, por ele, abrimos mão de nossa liberdade. E quais os critérios desse reino? Davi era o último dos irmãos e foi a ele que Deus escolheu. Dimas estava na cruz, ao lado do Cristo e, ao reconhecê-Lo como Mestre, dEle ouviu: “Hoje mesmo estarás comigo no paraíso”. A Missa, a vida de oferta a Deus das Irmãs – iluminando espiritualmente a nossa -, o coral, sob a regência de André Minutti, com acordes do coro dos anjos, fizeram-nos experimentar um acontecimento de “repercussão eterna”.

Voltei ao livro “O Nadinha da Pequena Árabe” a respeito de Maria Baouardy. Na apresentação, Afonso de Santa Cruz escreve: “Posso TUDO nAquele que me conforta, disse São Paulo. Tudo em contrate com o Nada. Em duas palavras, este contraste é possível quando o  NADA (eu) cede o lugar ao TUDO (Cristo). Em um dos capítulos, destaca que a existência de Irmã Maria de Jesus Crucificado foi sinal de que “Deus é vivo”. Assim também a vida da Irmã Maria Eustela, da Irmã Carolina e todas as Irmãs da Congregação das Servas do Santíssimo Sacramento.

DEUS É VIVO!

 

Maria Cristina Castilho de Andrade

Educadora e coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher/Magdala, Jundiaí,Brasil

 



publicado por Luso-brasileiro às 15:39
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links