PAZ - Blogue luso-brasileiro
Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - QUEM MORA EM MIM ?

            

 

 

A Beata Elisabeth da Trindade, beatificada por João Paulo II em 1984, é uma mística que reconheceu que nós somos templos vivos e casa da Santíssima Trindade e se deixou habitar como Casa de Deus pela Trindade de Amor. Como disse, encontrou seu céu na terra, posto que o céu é Deus e Deus estava em sua alma. “Crer que um ser que se chama Amor habita em nós a todo instante do dia e da noite, e nos pede que vivamos em sociedade com Ele, eis aqui, garanto-vos, o que tem feito de minha vida um céu antecipado”.

Nascida em acampamento militar de Avord, perto de Bourges, coração da França, em 18 de julho de 1880, herdou da mãe a emotividade e do pai, capitão José Catez, o idealismo e a tenacidade. Distinguia-se, desde criança, por seu temperamento um tanto agressivo, mas também marcado pela sensibilidade, fidelidade e autenticidade nas palavras e gestos. Pianista de talento, em 1893, com somente 13 anos, obteve o primeiro prêmio de piano no Conservatório de Dijon.  Entendia que, como afirmou o poeta Keats: “A thing of beauty is a joy for ever”, ou seja: “Uma coisa bela será para sempre um motivo de alegria”. Seu fascínio maior, contudo, era pelo Amor de seus amores: Deus. Escreveu em seu diário de adolescente: “Tu cativaste meu coração, tu vives constantemente nEle e tens feito nEle tua morada. Tu, a quem sinto e a quem vejo com os olhos de alma no mais fundo deste pobre coração”.

Com 14 anos, já experimentava uma vida interior intensa e, de acordo com os estudiosos de sua vida, experimentava um fogo abrasador que a impulsionava a dar-se sem reservas. Aos16 anos, tomou uma firme decisão: escolher de uma forma absoluta e coerente a vontade de Deus. Em 1901, entrou para o Carmelo. Dentre os dez pontos para estar presente, diante do “Grande Presente”, segundo ela: “Jesus não se mostra fisicamente. (...) Ele não tem de vir, já está aqui. Eu, porém, me coloco a caminho, me aproximo do que me espera. A fé é o face a face nas trevas”. E, continuando, testemunha que Deus está em toda parte e devemos “cercá-Lo” com nosso amor. Convida-nos a nãos nos fixarmos em experiências e sentimentos negativos. Não pensar com tristeza no passado, mas começar hoje, consciente de que Jesus é um amigo compreensivo e rico em misericórdia. e que sejamos, para Ele, uma humanidade de acréscimo, na qual Ele renove todo o Seu Mistério.

Em 1906, tuberculosa, contraiu a enfermidade de Addison. Parte para a contemplação plena de Deus em novembro. Suas últimas palavras: “Eu vou à Luz, ao Amor, à Vida...”

Monjas, como ela – em Jundiaí temos as queridas da Ordem da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo – velam sobre nós, aumentam a consciência de somos templos de Deus, conduzem-nos ao santuário de nosso interior e nos convidam a sermos dóceis às moções do Espírito Santo.

O Carmelo São José, de nossa Diocese, que glorifica incessantemente Aquele que lá habita, muito tem ajudado a Pastoral da Mulher/Associação “Maria de Magdala” a receber e a compartilhar as abundâncias do Amor que não passa.

 

Maria Cristina Castilho de Andrade

É educadora e coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher/ Magdala

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:44
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links