PAZ - Blogue luso-brasileiro
Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011
HUMBERTO PINHO DA SILVA - A MAIOR AFRONTA

                  

 

 

Diz Lucas – 17:11,19 – que, caminhando Jesus para Jerusalém, escutou um brado de socorro. Eram dez leprosos, que de longe, como a lei mandava, pediam a cura.

O Mestre disse-lhes:”Ide mostrar-vos aos sacerdotes”. Acreditaram - a fé os salvou, - e correram para o templo.

Nesse em meio verificaram que estavam limpos e vibraram de alegria, mas um, que era samaritano, grato pela cura milagrosa, veio atrás em busca de Jesus, e colando a face ao chão, agradeceu-Lhe a graça.

Diz o evangelista que o Filho de Deus, mostrou-se agastado e interrogou-o, nos seguintes termos:

- Não eram dez os leprosos? Como só um regressou para agradecer?! Se o Mestre dos mestres doeu-se com a ingratidão, o que será o homem mortal, perante a indiferença do semelhante?

Tenho para mim, que a ingratidão é a maior afronta que se pode fazer, e no entanto é a mais praticada.

Poucos são os que agradecem as mercês, e ainda menos os que ficam reconhecidos pelos favores praticados.

Se a aflição bate à porta, são lágrimas, rogos encarecidos, promessas sem fim; mas afastada a tempestade, sentindo o bafo quente da bonança, viram costas e nem telefonema, nem e-mail, nem carta, nem um muito obrigado.

Para quê? - dizem, - não preciso dele para nada!; e se são repreendidos, lembrando-lhes que já precisaram, respondem: Não tenho tempo! ….

Não têm tempo!; mas tiveram para solicitar o emprego; para obter a bolsa, que não saia; para o jeitinho que solucionou o problema.

Diz Paulo que é devedor a todos, porque de todos precisou.

Como ele, também sou devedor aos professores que tive; ao médico que me recebeu como se filho fosse; aos primos que ao longo dos anos estiveram presentes em momentos amargos.

Devo, e muito, a meus pais, que abriram caminho para que chegasse a bom porto e a velhice confortável.

Devo a intelectuais, jornalistas, amigos, porque sem apoio, sem sua ajuda, não podia nem sabia escrever esta crónica.

Devo também a directores, redactores de jornais e revistas, que abriram os periódicos e emissoras, e acicataram-me a progredir, a continuar a ingrata missão de escrever.

Devo, igualmente, a sacerdotes, a religiosos católicos e evangélicos, que instruíram-me e formaram o carácter, ensinando-me a respeitar a Lei de Deus.

Devo até, a antepassados, que nunca conheci; deles recebi bens e nome honrado.

A todos, o meu muito obrigado. A todos estou eternamente grato.

Não sei se isto acontece ao leitor, a mim, sim: cartas, mensagens electrónicas, boas-festas, parabéns de aniversário, ficam sem resposta; e raros são os telefonemas a indagarem como passo.

Mas se precisam, são cartas, e-mails, telefonemas constantes…Recebida a mercê, recolhem à indiferença, ao: Não preciso dele para nada! …

Isso desgosta-me; isso entristece-me; mas que hei-de fazer?!, se os homens são assim!

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA   -   Porto, Portugal



publicado por Luso-brasileiro às 10:28
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links