PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sábado, 23 de Abril de 2011
JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI - CELEBRAR A PÁSCOA É FESTEJAR A VIDA, A JUSTIÇA E A PAZ!

 

 

A festa da Páscoa lembra a passagem do povo hebreu da escravidão do jugo faraônico no Egito para a Terra Prometida. Lembra ainda a ressurreição de Jesus e o que ela significou e continua significando para a Igreja no empenho de concretizar o projeto de Deus para toda a humanidade: que todas as pessoas sejam felizes e tenham vida em abundância. Para os operadores do Direito, indica a busca de permanente promoção de Justiça.

 

Numa sociedade extremamente consumista, que só confia no valor da esperteza e na força da competição, prevalecem a descrença, o egoísmo e a violência, razão pela qual, para muitos o período de Páscoa perde o seu real sentido, transformando-se num tempo de viagens, de lazer, de festas com amigos e parentes, com muito comida e bebida em geral.

            No entanto, como sua própria palavra indica, ela representa passagem, esperança e busca pelo novo. Constitui-se numa época de reflexão e renovação de nossos propósitos, pois Jesus Cristo com sua ressurreição inaugurou uma nova era para a humanidade, proclamado a vitória da vida sobre a morte e apontando a libertação como ideal maior de todo homem.

            É por isso que ela implica em superação do individualismo, das desigualdades e dos preconceitos; em gestos de solidariedade e fraternidade; em luta contra a distorção dos direitos fundamentais; em alerta a favor do Direito e da promoção da Justiça; em empenho na melhora da qualidade de vida de todos, sem distinções; em compromisso permanente com a paz e principalmente, em fé na vitória do bem sobre o mal.                  Nesta trilha, invocamos o prof. Lourival José Martins Filho: “Não há vida sem amor, e quem não ama não compreende próximo, não sabe o que é respeito. Por isso, além do feriado, dos ovos e chocolates que povoam o nosso imaginário, vamos exercitar o dialogo, o estar juntos, o abraço, o sorriso sincero. Que em cada família o encontro e a partilha fortaleçam os vínculos e as pessoas. Mesmo em situações  complexas temos a capacidade de romper com o que está posto, compreender-se inacabado e  buscar dar sentido à vida. Acreditamos que este é o grande desafio da educação contemporânea. Fazer o outro entender que a vida só tem sentido pelo sentido que cada um de nós, individual e coletivamente, desenha. É inadmissível percebermos jovens e adultos já desanimados e anestesiados diante do viver e dos desafios cotidianos” (Diário Catarinense – pág. 12 – 20/03/2008).

            Por outro lado, é de se ressaltar que a busca da libertação deve persistir, com cidadãos na totalidade preparando-se para saber acionar os instrumentos legais, a fim de que a lei seja cumprida de fato e que todas as pessoas sejam felizes e tenham vida em abundância, com o atendimento pronto de suas necessidades fundamentais. “A páscoa é um gesto em favor da esperança numa época em que desapareceram as utopias, deixou-se de sonhar e o mundo ficou pequeno” (Dom Luiz Soares Vieira, vice-presidente da CNBB).

 

                                               MENSAGEM

 

Já se disse que para cada ceia eucarística ser honesta, deverá haver pão sobre as mesas e justiça nas ruas. Infelizmente, a nossa realidade tem se distanciado cada vez mais dos mínimos padrões morais de convivência. É por isso que o Domingo de Páscoa é muito importante, já que o sentido de sua celebração leva a repensar nossa vida à luz do Cristo ressuscitado, para criar um outro modo de ser, de pensar e de se relacionar com Deus, com os irmãos e com a natureza. Mostra a premente necessidade de se provocar uma transformação de base no relacionamento humano, no qual todos tenham voz e vez, e seja possível firmar entre os homens uma aliança que elimine o isolamento, a marginalização, a exploração do homem pelo homem.

 

JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI é advogado, jornalista, escritor e professor universitário



publicado por Luso-brasileiro às 15:32
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links