PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013
LAURENTINO SABROSA - POSTAL DE PARABÉNS AOS JOVENS QUE ATINGEM A MAIORIDADE

 

 

 

 

 

 

                       

 Querido Jovem, Rapaz ou Rapariga

 

 

É lícito e desejável que tenhas tido até agora, na tua juventude, ideias de grandeza, de ser, talvez e por exemplo, um grande médico, um grande actor, um grande desportista. Mas que tens procurado nesses sonhos de grandeza? Muita fama?

 Ora repara: FAMA é deusa pagã, não respeita ninguém. Cega os olhos à turba para ser ela a no-la dar, cegando também os olhos de quem a deseja. Quem com ela sonha, muitas vezes sujeita-se a danos de insânia e até de sofrimento, para se alcandorar numa posição que considera invejável por ser fulgurante, mas que tem ainda mais de instável. A um sopro mais forte de certos ventos, eis que a Fama se evola, e o que era seu filho querido fica reduzido à expressão mais simples do desprezo e da mesquinhez. Desconfia de quem te queira fazer subir degraus para a Fama, resguarda-te dela, luta contra ela. Podes ganhar fama por mero acaso ou por favoritismo de alguém. Da fama do louvor, depressa se pode passar à fama do opróbrio.

 

Agora, que inicias uma nova fase da vida com mais responsabilidade, vimos recomendar-te que deves contrapor à Fama, sempre traiçoeira, o Prestígio. A fama é dada, pela prestidigitação em lisonjear os gostos e as ideias dos outros; o prestígio é alcançado não por magia, mas pela notoriedade através do mérito; a fama é diadema que simplesmente adere; o prestígio é coroa que firmemente se incrusta.

 

 Querido, Querida Jovem. Estamos a secundar para ti, de uma maneira diferente, os votos mais queridos que para ti têm os teus pais e os teus verdadeiros amigos. Como também o somos, aqui nos tens a dar-te os parabéns pelo teu aniversário e a auspiciar que tenhas um grande futuro de vida, sem famas, sempre superficiais mesmo quando merecidas, mas uma vida em que exerces ascendente sobre todos, por teres verdadeiramente prestígio, alcançado pelo saber e pelas virtudes. Tens uma vida à tua frente, procura seguir o ideal, simultaneamente cristão e olímpico, de ser sempre mais e sempre melhor, dia a dia com saúde e em longa vida.           

                          

Afectuosamente, em meu nome e em nome do Blog Luso-Brasileiro P A Z

 

 

LAURENTINO SABROSA    Senhora da Hora, Portugal

laurindo.barbosa@gmail.com



publicado por Luso-brasileiro às 10:52
link do post | comentar | favorito

PAULO ROBERTO LABEGALINI - BUSQUE O SENHOR

 

 

 

 

 

 

 

 

Rubens era um homem aposentado, descrente, que valorizava as festas sociais com os amigos. Rose, sua filha, vivia rezando para que o pai recebesse a graça de se voltar mais para as coisas de Deus.

Um dia, de tanto insistir com o pai, ela conseguiu levá-lo à missa, esperando que ele se encantasse com a celebração e se convertesse rapidamente. No entanto, naquela noite tudo ‘deu errado’ na igreja: o som pifou; o padre não foi feliz na homilia; os leitores tropeçaram muito ao proclamarem a Palavra; o coral desafinou; na coroação de Nossa Senhora, a coroa foi ao chão etc.

Ao voltarem para casa, Rose chegou chorando, desanimada por ter perdido a grande chance de mostrar ao pai as maravilhas do Senhor. Porém, na manhã seguinte, surpreendentemente, Rubens convidou a filha para conversarem com o padre. Sem entender o motivo, ela questionou:

– Por que o senhor quer voltar à igreja?

– Vou me oferecer para ajudar nas missas. Vi tantas coisas erradas que não posso ficar em casa, sabendo que estão precisando muito de mim lá! – respondeu ele.

Pois é, Deus tem muitas maneiras de tocar nos corações das pessoas. Precisamos ter mais confiança na providência Divina e não duvidar que o ‘impossível’ aconteça. Mas, para recebermos novas graças, sempre temos que refletir: ‘Minha vida é uma resposta ao amor de Deus por mim? Conheço as obras de Jesus Cristo? Eu me aceito como sou? O que ganho com atitudes positivas?’.

Respondendo parte disto, eu começo dizendo que o amor de Deus é como o mar: vemos o início, mas não vemos o fim. Devemos demonstrar a nossa gratidão servindo o próximo com o coração, e nunca com pecados. A falta de perdão, a impaciência e o egoísmo nos tiram do caminho para o Céu. Como Maria, nossa resposta ao Pai deve ser: ‘Faça-se a Tua vontade!’.

E vive melhor quem assume a condição de pecador arrependido e não tem inveja de alguém. Se Deus nos fez como somos, imperfeitos, temos que confiar que Ele pode melhorar nossa vida em todos os aspectos: físico, emocional, social e religioso. Entreguemos a Jesus esta decisão.

Também precisamos acreditar que é mais feliz aquele que se coloca diante do Senhor e agradece por tudo o que tem. Depois, abrindo o coração, pedidos de novas graças devem ser feitos com humildade e confiança. A parábola do ‘fariseu e publicano’ (Lucas 18, 9-14) relata que quem não é auto-suficiente e pede ajuda, agrada mais a Deus.

Jesus curou muita gente dizendo: ‘Grande é a tua fé!’; portanto, somente com sinceridade na oração podemos nos tornar mais puros e ser agentes de libertação do mal na vida das pessoas. Quer seja no silêncio ou na denúncia, obedeça os Mandamentos a cada dia. Sem Deus, você não é nada!

Também nunca é demais lembrar que, nas mensagens de Jesus a Santa Faustina, Ele disse: “Na cruz, eu não pensava na dor, pensava na salvação dos pecadores’. Do Seu coração, transbordou água, sangue e puro amor. Ele não seria humilhado se, primeiro, não se humilhasse. Em gratidão, repita diariamente: ‘Jesus, eu confio em vós!’. Depois, espere e constate a quantidade de bênçãos que virá.

Relendo os parágrafos anteriores, você reforçará as seguintes orientações: agradeça pela sua vida, sirva o próximo com amor, perdoe, não tenha inveja, seja humilde de coração, confie na sinceridade da sua oração e obedeça aos Mandamentos de Deus. Em resumo: liberte-se dos pecados e tenha atitudes positivas! Pode ter certeza que quem experimenta gosta.

E gosta mais aquele que acredita nestas palavras: (João 6, 35-40)

Respondeu-lhes Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não mais terá fome e quem crê em mim jamais terá sede. Mas já vo-lo disse: vós vistes-me e não credes. Todos os que o Pai me dá virão a mim; e quem vier a mim Eu não o rejeitarei, porque desci do Céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E a vontade daquele que me enviou é esta: que Eu não perca nenhum daqueles que Ele me deu, mas o ressuscite no último dia. Esta é, pois, a vontade do meu Pai: que todo aquele que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna; e Eu o ressuscitarei no último dia.”

 

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI -    Escritor católico, Professor Doutor da Universidade Federal de Itajubá-MG. Pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária da UNIFEI.



publicado por Luso-brasileiro às 10:47
link do post | comentar | favorito

FRANCISCO VIANNA - "CONVERSAÇÕES SECRETAS COM O IRÃO LEVARAM OBAMA A ENGAVETAR O ATAQUE A SÍRIA"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TV e mídia israelense têm especulado que o Irã convenceu Bashar al Assad a desistir de armas químicas em troca da desistência dos EUA de efetuar um “ataque punitivo” a Damasco, que seria realizado em meados desse ano.

 

 

 

Membros de uma equipe de investigação da ONU retiram amostras perto do local de um suposto ataque de armas químicas, na Síria, em 28 de agosto deste ano (foto:escritório midiático da AP/United Media em Arbeen)



A decisão de última hora do presidente Barack Obama de não levar a cabo um ‘ataque punitivo’ que havia planejado contra o presidente da Síria, Bashar al Assad, no fim de agosto deste ano, depois que o ditador alauíta matou quase 1.500 pessoas do seu próprio povo com armas químicas, foi influenciada por discussões secretas através de canais privativos do governo americano com o governo iraniano. É o que, supostamente, o governo israelense e a comunidade de inteligência mundial acreditam.


A questão do uso de armas químicas por Assad foi levantada nos contatos secretos entre EUA e Irã, mantidos nos últimos meses em Omã, na Jordânia. Tais conversas começaram a ser divulgadas pela mídia israelense através do canal 2 de TV na sexta feira passada. A emissora citou fontes de inteligência e de segurança de Israel que, no entanto, fizeram questão de se manter no anonimato. Todas elas afirmam que Obama desistiu da operação militar na Síria por ter sido influenciado por tais contatos secretos com Teerã.


O relato televisivo especulou que “o Irã convenceu Assad a concordar em desmantelar sua capacidade bélica química em troca de Obama não realizar o ataque planejado”.


A matéria sublinha as preocupações dos judeus – ratificadas com insistência pelo Primeiro Ministro israelense Benjamin Netanyahu – de que o Irã está ludibriando os EUA sobre suas intenções, apenas  aparentemente moderadas, e que os EUA estão sendo enganados em relação às atitudes pretensamente amigáveis do novo governo iraniano, em função do que Israel está se tornando gradualmente isolado em sua oposição inflexível em relação ao programa nuclear iraniano.


O mesmo programa de TV também citou funcionários anônimos do governo israelense que supostamente denunciavam Obama por estar a descuidar das negociações nucleares de Genebra, com o resultado do fato de que o Irã ter atribuído a si mesmo o "direito" de enriquecer urânio e que a pressão das sanções econômicas impostas pelo Conselho de Segurança da ONU contra o Irã estivesse entrando em colapso.


A administração Obama, na semana passada, reconheceu esse “direito” depois de meses de negociações secretas com o Irã antes do desonesto acordo provisório sobre o programa nuclear persa, que foi assinado na semana passada pelo grupo P5+1 e pelo Irã em Genebra. O presidente americano, segundo a matéria que foi ao ar, teria informado Netanyahu desses contatos por ocasião da visita do dirigente judeu à Casa Branca no final de setembro, logo depois que eles se tornaram "substantivas".

Relatos israelenses afirmaram que o canal privativo dessas conversações passou a funcionar muito antes da data admitida pela Casa Branca, tendo o Primeiro Ministro transmitido ao presidente americano a sua estranheza e desgosto por não ter sido inteirado delas desde o efetivo início desses contatos.


A matéria que foi ao ar na sexta feira passada pelo Canal 2 de Tel Aviv lembrou que a o governo Obama tinha tanta certeza de que suas forças estavam prestes a atacar a Síria no final de agosto, pela crise armas químicas, que autoridades americanas telefonaram para o Primeiro Ministro e para o Ministro da Defesa de Israel para dar-lhes um "prévio aviso" do ataque que estava prestes a ocorrer. Os telefonemas foram feitos logo após o secretário de Estado, John Kerry, ter acusado o regime de Assad de genocídio e fratricídio em massa com armas químicas proibidas pela Convenção de Genebra, em 31 de agosto. O fato resultou em morte de 1.429 sírios, a quase totalidade de civis e a maioria de mulheres e crianças. Os líderes israelenses disseram, na ocasião, explicitamente, que os EUA iriam desencadear ações militares punitivas contra o regime de Assad, então, em 24 a 48 horas. A desistência da iniciativa por parte do Pentágono e de Washington fez parecer com que o governo israelense passasse como boateiro.


No programa da TV israelense, Kerry surge como tendo telefonado pessoalmente aos líderes judeus para informá-los sobre o ataque iminente, e mostrou o secretário de Relações Exteriores, William Hague, da Grã-Bretanha, também comunicando o mesmo fato por telefone. As chamadas foram feitas para que Israel pudesse tomar medidas profiláticas de defesa contra qualquer potencial retaliação síria que pudesse atingir o estado judeu.


Na verdade, entretanto, Obama para surpresa geral, em 1 de setembro último, anunciou que iria pedir autorização do Congresso para efetuar um ataque à Síria. Em última análise, Obama não realizou a ação estrita, punitiva, que tinha dito ter planejado e decidido levar a cabo, e, ao invés disso, acabou concordando com a iniciativa liderada pela Rússia de se tentar uma solução diplomática destinada a deixar Assad privado de suas armas químicas.


A mídia israelense, de fato, trouxe à tona a estória de que os EUA e o Irã mantêm conversações e consultas secretas há vários anos, desde meados do mandato presidencial de Mahamoud Ahmadinejad, e que essas conversas levaram a uma série de libertações de prisioneiros de ambas as partes, mostrando que essas conversas entre cúpulas têm servido de ponte para superar o abismo diplomático que existia entre os dois países.

 

A mais dramática dessas solturas de prisioneiros, ocorreu em abril último, quando os EUA libertaram um destacado cientista iraniano, Mojtaba Atarodi, que tinha sido preso em 2011 quando tentava adquirir uma série de equipamentos que poderiam ser utilizados para o desenvolvimento nuclear militar iraniano.

 

Os israelenses pareciam querer o ataque a Damasco, intencionado pelos americanos; mas não só a inteligência israelense como também a inteligência americana, sabem que, “derrubar Assad ou enfraquecê-lo demais seria propiciar a Irmandade Muçulmana – que quer a formação de mais uma república islâmica xiita na Síria – a chegar ao poder”. E isso não interessa nem a Tel Aviv, nem a Washington e, de certa forma também não a Moscou que rivaliza com o Irã a extensão de sua influência no Oriente Médio.


 

 

 (da mídia internacional)

Sábado, 30 de novembro de 2013

 

 

 

FRANCISCO VIANNA-   Médico, comentador político e jornalista  - Jacarei, Brasil

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 10:25
link do post | comentar | favorito

HUMBERTO PINHO DA SILVA - AS DÉCIMAS DA RAINHA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Andava a Dona Luísa de Gusmão preocupadíssima, porque as décimas que cobrava, mal davam para governar o reino.

 

Estando, certo dia, a lamentar-se diante de Luís de Vasconcelos e Sousa, Conde Castelo Melhor, prontamente, este, lhe respondeu:

 

- Medite Vossa Majestade, no que vai ver.

 

Pegando no areeiro, despejou-o nas mãos. Depois, solicitou, aos presentes, que passassem a areia de mão em mão, até chegar às da rainha.

 

Estupefacta com o estranho gesto, interroga-o sobre o significado da inusitada atitude.

 

O Conde de Castelo Melhor, empertigou-se e solenemente declarou:

 

- Saiba Vossa Majestade, que ao dinheiro das décimas, acontece o mesmo que à areia deste areeiro. Passando por tantas mãos, foi ficando pegado a elas. Quando a rainha recebe o dinheiro, está tão diminuído, que mal chega para as despesas.

 

Este curioso e verídico diálogo, é narrado por Rebelo da Silva, no Tomo II, do livro: “ A Mocidade de D. João V “.

 

Disse, e disse bem, o Conde de Castelo Melhor, à rainha Luísa de Gusmão: o dinheiro do Estado, até chegar a quem governa, passa por tantas mãos, que a maioria se perde nos intermediários.

 

Assim acontece em muitos países, que permanentemente se encontram endividados: uns, porque são corruptos; outros, porque quem governa, se não sabe governar sua casa, como podem governar a nação?

 

Disse a antiga Ministra das Finanças de Portugal, a Dr.ª Ferreira Leite, numa entrevista televisiva: toda a boa dona de casa, sabe governar um país: basta não gastar mais do que se recebe.

 

Mas, se há já poucas donas de casa, também poucos políticos há, que saibam governar, em justiça e rigor: A ambição, o fascínio, pelo poder, o receio de perder eleições, tolda a razão de quase todos.

 

Para mal dos políticos, não lhes faltam bajuladores, em busca de benesses: querem ser diretores – gerais, ministros, e administradores de empresas rendosas…

 

Conta-se que Salazar, após tratar negócios da nação, com um dos seus ministros, logo que fechou a porta do palácio de S. Bento, voltou-se para a governante, D. Maria de Jesus, e desabafou:

 

- Acaba de sair um grande ladrão!

 

Ao que a empregada, com a confiança que tinha – servira Salazar desde que o estadista era estudante, – retorquiu:

 

- Por que não o manda prender!?

 

- Para quê!? - Respondeu Salazar. - Ao menos este já roubou o que tinha que roubar…

 

A explicação do Conde Castelo Melhor, sobre o destino das décimas da rainha, é sempre atual, e serve para todos os reinos…e repúblicas.

 

 

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA   -   Porto, Portugal

 

 

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 10:19
link do post | comentar | favorito

EUCLIDES CAVACO - MANHÃ TRIUNFAL
 
 
 
 
 
MANHÃ TRIUNFAL É grato recordar a história na celebração dos 373 anos da restauração da nossa soberania que infelizmente está de novo muito debilitada. Oxalá apareçam novos fidalgos à altura de restituirem aos portugueses a dignidade merecida e o seu Portugal de outrora. Veja e ouça aqui neste link, a versão poética com que recordo o Primeiro de Dezembro de 1640.
 
                             http://www.euclidescavaco.com/Poemas_Ilustrados/Manha_Triunfal/index.htm
 
 
 

Euclides Cavaco  - Director da Rádio Voz da Amizade.London, Canadá

cavaco@sympatico.ca

 


publicado por Luso-brasileiro às 10:14
link do post | comentar | favorito

Domingo, 1 de Dezembro de 2013
NIVALDO PEREIRA - MANIFESTO DE PRÉ - CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA DA UTOPIA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu vejo as grandes candidaturas como inteiramente equivocadas. Fala-se em nomes, coligações e programas.


Eu teria outra ordem de prioridades, como Pré-Candidato à Presidência da Utopia, ou como dizia o povo Guarani, da Terra sem Males:


01 – Deve haver um Plano Diretor e um Plano Plurianual, não? Não me cabe bolar plano de Governo, mas de dar continuidade ao Plano Diretor e, eventualmente, colocar em debate certas alterações junto à sociedade;


02 – Se não existem Plano Diretor e Plano Plurianual (2.014/2.017), por que não existem?


03 – Nosso sistema partidário é justo? Ele assegura o princípio que “todo o poder emana do povo”? Se não – e a resposta é NÃO, MESMO! – que revisão nós poderemos propor?


04 – Todos nós sabemos que temos algumas falências, cuja solução domina o cenário:


a) a quebra do sistema previdenciário próprio, os RPPS (Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores, inclui aqui servidores federais, estaduais e municipais) cujo déficit atuarial está previsto para 3,7 trilhões de reais, daqui há 75 anos, por acaso a renda esperada do Pré-Sal nos próximos 30 anos estimada em 3 trilhões será capaz cobrir o déficit previsto hoje, o que se imagina ganhar após 30 anos não se incorpora a quantia que se há de investir , pelos grandes rombos, já, da Petrobrás. Sendo que a previsão do déficit não ficará parado por 30 anos. Quem fala a respeito?


a1) PETROBRÁS, uma empresa genuinamente brasileira, orgulho da nação, todo brasileiro batia no peito orgulhosamente. Hoje se questiona este saudosismo. A empresa com um elevado quadro de profissionais, altamente especializados, vive mergulhada em dívidas em virtude de megalômanos projetos e previsões de lucros e superávit exorbitantes de sucesso, por campanhas políticas e interesses escusos. A que também ninguém encontra os responsáveis. Pergunto quem paga a conta? O POVO.


b) Quase 40 ministérios e assimilados é pura brincadeira, é a ruína da Nação;


c) Funcionários públicos federais, incluindo os ocupantes de cargos comissionados, quantos são? O que diz o IBGE a respeito? O mesmo levantamento deve ser realizado nos Estados e Municípios.


d) Vamos montar um orçamento de verdade, transparente, compreensível e para valer?


e) nosso sistema partidário e nossos parlamentos são duas vergonhas. Vá, podemos incluir o Judiciário; vamos deixar prá lá ou vamos ter a coragem de colocar todos os verdadeiros problemas na mesa?


f) O Brasil carece de vergonha na cara. Um Presidente austero, capaz de assumir responsabilidades e bem assessorado, já percorreu a metade do caminho;


g) O Custo - Brasil é uma graça. Quem se propõe atropelar a papelada e a corrupção?


05 – Saber o que fracassou, é pouco importante. Já não é preciso. Selecionar os grandes problemas nacionais é preciso, colocando-os na mesa de trabalho. Isto é o que o Brasil deseja. Que o povo pede. Que o povo deseja. O que é necessário. Enfim a nossa meta.


Pois esta, dentre outras coisas mais, foi à razão de reestruturar-me, dando a força necessária de me lançar pré-candidato à Presidência da República.


Nosso objetivo tem sido incentivar o POVO em não fomentar discórdia, conflitos de classe, cultural, religioso, econômico e social, mas sim pelo respeito ao Cidadão, dignificando-o como pessoa humana. Como escrevemos em nosso livro “ A HUMANIZAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS COMO FUNDAMENTO PARA SOLUÇÃO DA CRISE BRASILEIRA” uma monografia de 2002 e publicado em livro em 2006. E a mensagem vinculada em nosso Programa de rádio há longos anos e agora na Televisão o texto abaixo:


O programa “O Incentivador” e a ONG CLAMOR falam de cidadão para cidadão, de povo para povo, desde o pedreiro, o mecânico, o engenheiro, o prefeito, o militar, o lixeiro, o artista, o deputado, o senador, a empregada doméstica, o presidente, o médico, o enfermeiro, o vereador, patrões, empregados e funcionários todos são cidadãos e se cada um fizer a sua parte, o povo melhora, o Brasil melhora, o Mundo melhora. Exercer a Cidadania é viver a liberdade de amar e respeitar a si próprio e ao próximo. Pois o direito de um começa onde termina o do outro.

Será uma Jornada frente ao sistema que impera.


Que prevaleça a Democracia e a República.


QUE DEUS NOS ILUMINE NESTA SAGRADA CAMINHADA



Rio de Janeiro, RJ 20 de novembro de 2013

NIVALDO PEREIRA

Pré-Candidato à Presidência da República






ELEIÇÕES DE 2014

Psicólogo e Jornalista

www.nivaldopereira.com.br

www.oincentivador.com.br

nivaldopereira@terra.com.br

Cel:. 21-99955-9361

 


PARTICIPAÇÃO. MANDE SUAS PROPOSTAS E SUGESTÕES PARA NÓS.

 



publicado por Luso-brasileiro às 21:17
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links