PAZ - Blogue luso-brasileiro
Domingo, 6 de Novembro de 2016
FELIPE AQUINO - DEUS PROÍBE O USO DE IMAGENS ?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No livro do Êxodo 20,4-5 Deus parece proibir o uso de imagens. Mas por que essa proibição? Porque podiam ser ocasião a que o povo de Israel as adorassem, como faziam os povos vizinhos dados à idolatria. Os israelitas tendiam a imitar gestos religiosos pagãos e, por isso, muitas vezes caíram na idolatria. Deus queria incutir o conceito de Javé, mostrando que o Senhor era diferente dos deuses dos outros povos. Deus não somente permitiu, mas até mandou que se fizessem imagens sagradas. Veja: Ex 25,17-22 – Deus manda Moisés colocar 2 querubins de ouro na Arca da Aliança, onde Javé falava com seu povo.

1Rs 6,23-28 – No Templo construído por Salomão foram colocados querubins de madeira junto à Arca da Aliança. E as paredes do templo tinha imagens de querubins. Tudo feito com ordem de Deus, conforme vemos em 1Cr 22,6-13, e em Ex 31,1-11.

1Rs 7,25.29 – No Templo de Salomão havia também bois de metal, leões, touros e querubins.

 

 

santos1-300x148.jpg

 

 

Leia também: As imagens na Tradição da Igreja

Podemos venerar as imagens dos santos?

Por que a Igreja Católica cultua as imagens de santos?

Por que é proibido “adorar” imagem ?

 

Nm 21,8-9 – Deus ordenou a Moisés que fizesse uma serpente de bronze, e quem olhasse para ela seria salvo.

As antigas catacumbas cristãs, desde o primeiro século, apresentavam imagens bíblicas. Noé salvo do diluvio, Daniel na cova dos leões, o Peixe que simbolizava o Cristo e muitas outras. Será que esse cristãos que eram perseguidos pelos romanos, eram idólatras por isso?

No século III, encontramos imagens nas sinagogas da Palestina. A sinagoga de Dura-Europos, na Babilônia, tinha a representação de Moisés, Abraão e outros. Dizia o Papa São Gregório Magno: “Uma coisa é adorar uma imagem, outra coisa é aprender, por essa imagem, a quem se dirige as tuas preces. O que a Escritura é para aqueles que sabem ler, a imagem o é para os iletrados. Por essas imagens, aprendem o caminho a seguir. A imagem é o livro daqueles que não sabem ler”.

 

intercessao_culto_santos.png

 

 

Assista também: O que a Igreja diz sobre o uso de imagens?

 

O Concílio de Nicéia II, em 789, aprovou definitivamente ou uso das imagens e o recomendou. Ele disse: “Quanto mais os fiéis contemplarem essas representações, mais serão levados a recordar-se dos modelos originais. Uma veneração respeitosa sem que isto seja adoração, pois esta só convém, segundo a nossa fé, a Deus”. Em Karlsruhe, em 1956, os luteranos reunidos em Congresso aprovaram que a ordem de Cristo de pregar o Evangelho em todas as línguas, inclui também a linguagem figurada do artista. Perguntavam-se: “Por que admitir as impressões auditivas na catequese e rejeitar as impressões visuais? Estas parecem ainda mais eficientes do que aquelas.” (Der christliche Sonntag, em 14/10/1956, pág. 327).

 

 

FELIPE AQUINO Escritor católico. Prof. Doutor da Universidade de Lorena. Membro da Renovação Carismática Católica.

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 18:36
link do post | comentar | favorito

PAULO R. LABEGALINI - ALÉM DO DINHEIRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na minha opinião, o foco nas coisas de Deus é que nos torna melhores seres humanos e, por consequência, melhores profissionais. Se não fosse a ganância pelo poder, não existiria tanta vaidade, egoísmo e inveja. 

Também temos a péssima mania de reclamar de tudo. É inerente ao ser humano esquecer de olhar o que tem para somente lembrar do que não tem e prestar atenção naquilo que não está do seu gosto. Que tal mudarmos essa atitude?

O escritor Chris Widener nos fala que devemos gastar um pouco do nosso tempo pensando no que temos de bom em nossas vidas. Segundo ele, todos sabemos disso, mas dificilmente paramos para pensar no assunto. E diz que, se fizermos isso, estaremos moldando a nossa atitude de gratidão e desenvolvendo padrões de pensamentos saudáveis que nos farão mais agradecidos.

Widener conta que existe um velho hino religioso americano que diz: ‘Conte as suas bênçãos, nomeie-as uma a uma’. Faça isso você também! Separe algum tempo para pôr no papel cada coisa pela qual deve se sentir grato. Para ‘variar tudo o que já vê no noticiário’, olhe mais para a classe socioeconômica que está abaixo da sua em vez de reparar nas que estão acima.

Focar seus pensamentos no que você não tem, mesmo sendo motivador, pode, às vezes, ser fonte de inveja e amargura. Olhar pelo menos de vez em quando para aqueles que têm menos do que você trará gratidão pelo que tem.

Quando trabalhamos nas pastorais da Igreja, quanto mais sucesso adquirimos, mais agradecemos a Deus e procuramos a companhia dos que também são humildes de coração. Assim, mesmo inconscientemente, vamos nos afastando dos mais afortunados.

E a fome nas ruas, já nos acostumamos e nos acomodamos com isso? Trabalhar em algum programa de caridade, por exemplo, abrirá nossos olhos para um mundo mais solidário, concorda? Escolha, por exemplo, uma conferência vicentina e torne-se pelo menos um mantenedor.

Chris Widener cita Richard Foster que, em seu livro ‘Dinheiro, Sexo e Poder’, diz que o dinheiro deseja ser amado, cortejado, desejado e acumulado. E confirma que doar uma parte do que tem quebrará o poder que a fortuna possa vir a ter sobre você.

Lembre-se, o dinheiro não é uma rota para o mal. O amor a ele é que é a fonte de muitos males. Dar uma boa contribuição aos necessitados regularmente, manterá as coisas na perspectiva certa – você é quem domina o dinheiro, e não o contrário! A verdadeira medida da riqueza de um homem está nas coisas que ele pode conquistar sem ter de comprá-las.

Quando rezamos de coração aberto, percebemos o quanto podemos realizar com muito menos dinheiro. Esse ‘exercício’ nos fará gratos por todos os ‘extras’ que possuímos e nem nos damos conta. E se você quer sentir na pele as privações dos pobres, experimente jejuar. Jejue por um dia ou dois, se conseguir. Você ficará realmente grato quando for comer novamente e passará a ver o mundo com outros olhos.

Lembre-se que o que nós temos nos foi dado. Sim, trabalhamos muito, suamos a camisa e cansamos o cérebro, mas a natureza nos dá, todos os dias e totalmente de graça, o ar que respiramos. Certa vez, o pregador Billy Graham foi questionado sobre o que o deixara mais surpreso a respeito da vida e ele respondeu: ‘A brevidade dela’.

A vida é realmente muito curta e não temos certeza se amanhã ainda estaremos aqui. Também por isso, devemos lembrar que a vida, assim como o sucesso, é um dom de Deus, um grande presente! Então, devemos sempre serví-Lo e sermos eternamente gratos.

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI - Escritor católico. Vicentino de Itajubá - Minas Gerais - Brasil. Professor doutor do Instituto Federal Sul de Minas - Pouso Alegre.‘Autor do livro ‘Mensagens Infantis Educativas’ – Editora Cleofas.



publicado por Luso-brasileiro às 18:23
link do post | comentar | favorito

HUMBERTO PINHO DA SILVA - O PEQUENO IMPERADOR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheci, em São Paulo, um imperador. Não descendente de D. Pedro II, e muito menos possuidor do carácter e bondade da Princesa Isabel. Era “ imperador “, porque impunha sua vontade: pais, avós, faxineiras e diaristas, tinham que fazer o que ele queria.

Saídas a pé ou de automóvel; viagens e férias; passeios ao parque ou a centros comerciais, era ele que determinava.

Se alguém se opunha. Se alguém lhe negava o capricho, era certo: a birrinha, a choradeira, a gritaria; o berreiro infernal.

Para o calar, não havia outro remédio, senão fazer-lhe a vontade.

O menino cresceu. Tornou-se mocinho. Tratava as empregadas com desdém; e se levavam – por necessidade ou recreio, – os filhos, molestava-os. Pouco faltava para se tornar num Braz Cuba.

Certo dia de Outono, cheio de sol encontrei-o na Vila Madalena, na companhia da avó. Teria, nessa época, cerca de oito anos. Não mais.

A senhora, após os cumprimentos habituais, disse-me ter desviado o caminho usual, porque o menino exigia que comprasse, sorvete, que se vendia em Pinheiros. Fazia-lhe diferença… mas que havia de fazer? O menino não se calava…

A educação moderna, que condena o corretivo da palmada, aliada à impossibilidade de muitos pais educarem as crianças, fabricou os “imperadores”.

Grande parte das crianças não recebe educação em casa, nem na escola, já que esta está vocacionada para o ensino. O professor, quando procura transmitir regras de civilidade, – muitos não têm autoridade moral para serem educadores, – receia ser desfeiteado pelos alunos; ou os pais censurarem-no, por fazer o que devia ser feito.

Nesta sociedade consumista, em que vivemos, quem reina, é o dinheiro: - Tudo se compra; tudo se vende.

Os jovens são educados pela TV, e pela telenovela – cujos enredos, em regra, são vergonhosos, e servem para corromper, ainda mais, a juventude, e até os adultos, porque ninguém se encontra imune aos torpes guiões.

A falta de autoridade. A violência desvairada, que grassa nas cidades, e até no meio rural, não dá sossego a ninguém.

É o resultado da perda de conceitos morais, assentes no Evangelho – os jovens, hoje, desconhecem, quase por completo, Jesus, e Sua doutrina, – por isso, tornaram-se crianças violentas e arrogantes.

Se não se arrepiar caminho, em breve, as nossas cidades, transformar-se-ão em Gomorras, onde o vício impera, e com ele: o prazer e o dinheiro.

 

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA   -   Porto, Portugal



publicado por Luso-brasileiro às 18:18
link do post | comentar | favorito

EUCLIDES CAVACO - RETRATO DO TEMPO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Poema declamado que nos convida a alguma reflexão e que vos deixo hoje com desejos duma excelente semana
Veja e ouça aqui neste link:

 


http://www.euclidescavaco.com/Poemas_Ilustrados/Retrato_do_Tempo/index.htm

 

 

EUCLIDES CAVACO - Director da Rádio Voz da Amizade , Canadá.

 

 

 ***

 

 

 Horário das missas em, Jundiai ( Brasil):

 

http://www.horariodemissa.com.br/search.php?opcoes=cidade_opcoes&uf=SP&cidade=Jundiai&bairro&submit=73349812

 

 

 Horário da missas em São Paulo:


http://www.horariodemissa.com.br/search.php?uf=SP&cidade=S%C3%A3o+Paulo&bairro&opcoes=cidade_opcoes&submit=12345678&p=12&todas=0

 

http://www.horariodemissa.com.br/search.php?uf=SP&cidade=S%C3%A3o+Paulo&bairro&opcoes=cidade_opcoes&submit=5a348042&p=4&todas=0

 

 

 Horário das missas na Diocese do Porto( Portugal):

 

http://www.diocese-porto.pt/index.php?option=com_paroquias&view=pesquisarmap&Itemid=163

 

 

 

***

 

 

A diocese de Braga organiza o  Hi-God 2016,  ("Um dia com Deus") com o tema: "Aquele que nos une",

 Data: sábado, 26 de novembro, das 9h00 às 17:30.

 Destina-se a TODOS os jovens, a partir dos 15 anos, de todas as dioceses de Portugal. 

Check-in:

·                      Local: Faculdade de Teologia de Braga, Rua Santa Margarida;

·          Bilhete: 3€ até ao dia 21 de novembro, aproveita já e inscreve-te em: http://www.grupoperegrinos.org

Programa: momentos de oração, partilha, muita música, dança...momentos de alegria e de intensa comunhão com "Aquele que nos une" – Deus, Pai de todos. 

Se tens um amigo/a, trá-lo também; senão cá conhecerás alguém e muitos alguéns! 

Nota:

- Em anexo o programa e o termo de responsabilidade.

- És de longe? Este ano também teremos o protocolo com a CP

 
P. Jorge Domingues
CVJ - Missionários Combonianos
R. Augusto Simões, 108
4470-147 Maia
Tlm: 916 656 857

Tel: 229448317

 

Inscrição Hi-God2016.jpg

 

 

 

 

***

14333779_10209832245664744_7078908342085983593_n.j

 

ACABA DE SAIR

 

 "Leva-me Contigo, a senhora S & outras histórias"

de

  

REMISSON ANICETO

 

 

 

 Publicado pelos competentes Tonho França e Wilson Gorj (Editora Penalux, 220 páginas, 14×21 – R$ 40,00),  apresenta 23 contos e crônicas numa linguagem leve, fluida e emocionante.

 
Com prefácio de Angelo Mendes Corrêa, texto recomendação de Daniella Basso e orelha de Plínio Camillo, eis um livro que nasceu lentamente, sem a mínima pressa, quase a conta-gotas (ou seria melhor a conta-letras?), vindo cada conto a lume somente depois de medido e pesado, com todas as suas proporções minuciosamente calculadas para que pudesse se apresentar ao leitor da melhor forma possível.
 
Um ator que não consegue dissociar sua vida conjugal das suas atuações no palco; um homem que sonha ser amante e defensor de todas as mulheres e outro que firma um acordo com o Diabo; um padre apaixonado pela modelo Gisele Bündchen; um candidato a deputado extremamente sincero;  um reino onde qualquer manifestação de alegria era severamente castigada; um menino índio que descobre uma forma inusitada de se proteger das maldades do homem branco…
 
Esperando atender às expectativas de quem lê, transitando entre a seriedade e o humor e com uma linguagem clara e cadenciada, as histórias cuidadosamente selecionadas para esta edição abordam variados temas do nosso cotidiano, como a vida e a morte, o amor e o desamor, o casamento, a sexualidade, a solidão, a intolerância, a política, a loucura, os sonhos, a infância, a crise da água e muitos outros.
 
Sugestivamente, Leva-me Contigo, a senhora S & outras histórias pede colo e em seguida oferece abrigo, passando por tantos caminhos que fizeram, fazem e farão parte da vida de muitos de nós.
 
Livro Leva-me Contigo, a senhora S & outras histórias, de Remisson Aniceto – contos e crônicas – R$ 40,00 (Editora Penalux – 220 páginas: 14×21)
 
Disponível a partir de Outubro/2016 em: www.editorapenalux.com.br/loja
 
 
Pedidos: vendas@editorapenalux.com.br
 
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10209831635929501&set=a.3600145044196.2167329.1290641951&type=3&theater
 
 

***



publicado por Luso-brasileiro às 17:59
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links