PAZ - Blogue luso-brasileiro
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - VALDEMAR MESQUITA TOGNI

                     

 

 

 

 

Não poderia deixar de escrever a respeito do Sr. Valdemar. Era ele da chama de louvor no altar da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito – Santuário Eucarístico Diocesano -, onde mamãe e eu participamos da Missa aos domingos. Se me perguntassem qual é a primeira imagem que me vem dele, é exatamente essa: a de sua reverência diante do altar para, em seguida, acender as velas, cuja claridade indica que nos reunimos em torno de Jesus Cristo, Luz do mundo, que o Pai enviou a fim de nos libertar das sombras funestas. Como escreveu São João no princípio de seu Evangelho: “Houve um homem, enviado por Deus, que se chamava João. Este veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos cressem por meio dele. Não era ele a luz, mas veio para dar testemunho da luz. O Verbo era a verdadeira luz que, vindo ao mundo, ilumina todo homem”. (Jo 1, 6-9). Sr. Togni, pelo respeito profundo com que também acendia as velas e o Círio Pascal, demonstrou ser discípulo da luz da Ressurreição.

Tratava do que era da Igreja de maneira precisa e com solenidade. Não era um técnico apenas em assuntos burocráticos do conselho administrativo ou na análise das reformas necessárias para glorificar a Deus e acolher os irmãos. Por opção de leigo, nas incumbências dele, vivia na alma o que preparava, da melhor maneira possível, para os fiéis que se aproximavam do Santuário e lhe somos gratos por esse zelo de tantos anos. Cuidava, igualmente, da Liturgia e integrava o coro de vozes de anjos. Parece-me, contudo, que alumiar mais se destacava aos seus olhos. Lembro-me do entusiasmo dele com o terço iluminado na imagem de Nossa Senhora e com o lustre, através do qual  resplandecem as pinturas que dizem do Reino de Deus.

Admirava as Leituras de Isaías, por certo porque o Profeta anunciou: “O povo que andava nas trevas viu uma grande luz; sobre aqueles que habitavam uma região tenebrosa resplandeceu uma luz” (Isaías 9,1).

Seu coração batia forte: pela esposa querida, Gislaine, a quem por toda a vida diria sim, pelos filhos, pelas netas, por toda família. Era verdadeiro e de carinho ímpar com os amigos.

No domingo, dia nove, estava na Igreja, coordenando a Liturgia. No dia 16, ausentou-se por não se sentir bem. Na madrugada do dia 18, se foi. Creio que, ao se despedir lentamente a noite do dia 17, após a Unção pelos Padres Donizeti e José Brombal, recebeu a graça de vislumbrar o amanhecer róseo da Eternidade e se entregou nos braços do Criador.  Na contemplação de Jesus da Eucaristia pede, agora, pelos que amou na Terra.

De presença humana digna e clara a intercessor no Céu.

 

Maria Cristina Castilho de Andrade

É educadora e coordenadora diocesana da  Pastoral da Mulher/ Magdala,Jundiaí, Brasil

 



publicado por Luso-brasileiro às 13:38
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links