PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012
PAULO ROBERTO LABEGALINI - HISTÓRIA e O PURGATÓRIO EXISTE ?

 

 

   * H I S T Ó R I A

 

Um velho professor alemão sempre impressionara sobremaneira seus alunos. Um dia, um deles resolveu descobrir o segredo daquela conduta maravilhosa. Então, escondeu-se no escritório onde o mestre costumava ficar antes de ir para casa.

Já era tarde quando o professor chegou de sua última aula. Estava muito cansado, mas sentou-se e passou uma hora lendo a Bíblia. Depois, abaixou a cabeça numa oração silenciosa e, finalmente, fechando o Livro Sagrado, disse:

- Bem, Senhor Jesus, nossa velha amizade continua linda como sempre. Conhecê-Lo é o que de melhor pude obter na vida. Se eu pudesse, faria todos os meus irmãos ouvirem a Sua Palavra. Obrigado por eu ser tão privilegiado em receber essas mensagens e, neste momento, gostaria que alguém estivesse me ouvindo também.

O aluno, escondido, não conseguiu manter-se em silêncio e, emocionado, soluçou. O professor, então, após o susto, perguntou-lhe:

– Meu bom rapaz, o que deseja de mim? Há algo que tenha me pedido e, tendo eu recusado, voltou para tirar-me ocultamente?

O rapaz ficou pálido e respondeu envergonhado:

– Não, senhor. Sempre quis saber o que o mantinha tão iluminado para poder imitá-lo, só isso!

O mestre abriu um largo sorriso e iniciou sua explicação:

– Sente-se nesta cadeira e agradeça a Deus por essa oportunidade de atender o Seu chamado. E já que deseja imitar-me, saiba que eu também imito Jesus Cristo, digno de todo louvor! Ele me diz o que devo fazer e eu atendo!

– O senhor conversa com Ele? – perguntou o jovem.

– Sim, Ele me fala através deste Livro Sagrado. Todos os dias eu O escuto com muita atenção e, depois disso, fica fácil seguí-Lo. Por exemplo, ouça o tesouro que me foi dado hoje neste capítulo de São Marcos...

E, assim, com aquelas palavras, mais uma alma começou a se aproximar de Deus e caminhar rumo ao Céu. Com certeza, Cristo se torna mais presente àquele que persiste em cultivar a Sua Palavra.

E você, sabe como melhorar de vida a partir de hoje? Se sua Bíblia for aberta mais vezes, você dará muito mais frutos.

 

* Do programa ‘Nossa Reflexão’, que vai ao ar em quatro horários no Canal 20: 8h30, 11h30, 17h30 e 22h30. O site www.canal20tv.com.br disponibiliza os vídeos já apresentados na televisão. Clique em ‘Arquivos de Vídeo’ e depois em ‘Nossa Reflexão’.

 

**O PURGATÓRIO EXISTE?

 

Um dia, li na revista ‘Catolicismo’ a resposta que o Cônego José Luiz Villac deu a um leitor, que lhe perguntou se o Purgatório existe e se as Escrituras falam a seu respeito. Eis a resposta:

“O Purgatório não só existe, mas é mesmo uma das maravilhas da providência e bondade divinas. Sua existência é verdade de Fé, confirmada pelo Concílio Tridentino, bem como pelas Sagradas Escrituras e toda a Tradição da Igreja. Ademais, à luz da simples razão, entendemos que, sendo Deus perfeitíssimo e Santo dos Santos, nós não poderemos chegar à sua divina presença se estivermos marcados pela mancha do pecado. Então, não existindo o Purgatório – onde as almas são purgadas dessas manchas até estarem resplendentes de santidade para comparecerem diante do Criador – só lhes restaria o Inferno. Mas Deus quer salvá-las e por isso instituiu o Purgatório.”

Continuando a sua explicação, o cônego completou:

“Em sua Providência sapientíssima e misericordiosa, Deus criou esse estado, o purgatório, prévio à felicidade eterna, para onde vão temporariamente as pessoas que morrem sem terem expiado suficientemente, aqui na Terra, a pena devida pelos pecados mortais cometidos e perdoados, e também pelos pecados veniais perdoados ou não, mas cuja pena não foi integralmente paga. O texto da Escritura mais preclaro a respeito do Purgatório é o II Livro de Macabeus, o qual narra como Judas Macabeus mandou oferecer um sacrifício pelos que haviam morrido na batalha, por expiação de seus pecados.”

Então, caro leitor, sabendo da existência do Purgatório, devemos nos irmanar no combate do pecado e sempre nos purificar por meio do Sacramento da Confissão. Através do perdão dos pecados e de ações cristãs, alcançamos vários estágios de ‘estado de graça’ a cada dia. Quando nos confessamos diante de um sacerdote, mais força temos para combater a imoralidade: imoralidade dos programas execráveis de alguns canais da TV brasileira; das injustiças sociais; das drogas; enfim, das tentações de Satanás.

Eu creio na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna. Por isso, me confesso, comungo e rezo o terço para me afastar do mal. Tenho certeza que é o mínimo que devo praticar sem vacilar.

Devemos nos lembrar ainda que até o Papa se confessa! Também não podemos nos esquecer que, em 1917, Nossa Senhora de Fátima disse a Francisco que ele teria que rezar muitos terços antes de entrar no Céu, e ele só tinha nove anos de idade! E o mais importante: na Eucaristia, Jesus nos dá força para buscarmos as nossas necessidades espirituais que nos levarão junto Dele no Céu.

Portanto, o Purgatório existe! Chegar a conhecê-lo no futuro e ficar pouco ou muito tempo lá, depende hoje de cada um de nós.

 

** Do programa ‘Acreditamos no Amor’, que vai ao ar em dois horários na Rádio Futura FM, 106,9 MHz: 6 h e 18 h – segunda, quarta e sexta.

Site para ouvir o programa ao vivo: www.futurafm.com.br

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI -    Escritor católico, Professor Doutor da Universidade Federal de Itajubá-MG. Pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária da UNIFEI.

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:06
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Setembro 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links