PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012
VALDEREZ DE MELLO - INTELIGÊNCIA NÃO TEM COR

 

 

                                                 

 

 

 

 

 

 

                Quando Deus criou homens de pele branca, amarela, preta, marrom, vermelha, talvez quisesse engalanar o mundo com suas magníficas criaturas. Então, para perpetuar a soberania da igualdade, a todos premiou com inteligência e alma incolores.

 

            A preocupação exacerbada sobre discriminação está se transformando em neurose social ou até maneira indireta de levar vantagens através de atitudes premeditadas.

 

            Vejamos o sistema de quotas para universidades: durante uma década os alunos passam pela peneira de largas malhas, sem avaliações, com aprovação automática, tal e qual florido caminho pelo mundo do faz de conta. No vestibular, as malhas da triagem são drasticamente bitoladas e, independente da etnia, estudantes são igualmente prejudicados. Logo, o sistema de quotas deveria a todos premiar, dando sequência à costumeira admissão automática, pois, ao oferecer chances diferentes aos iguais, surge escancarada a verdadeira discriminação. Se as instituições de ensino fossem eficientes e eficazes e primassem pela excelência, a isonomia seria plena e o sistema de quotas dispensável. Importante frisar que apesar de tudo, chances iguais não garantem resultados idênticos, pois, a conquista é obrigação personalíssima que exige dedicação, esforço, perseverança e muita renúncia, qualquer que venha ser a cor da pele do indivíduo.

 

            Imperativo é poder discernir entre discriminação, direito de preferência e preconceito. Discriminar é tratar de modo injusto, de forma tal que venha a prejudicar ou execrar o outro, por motivos étnicos, sociais ou religiosos. Direito de preferência, ou seja, gostar mais de; ter predileção por; escolher alguém ou algo em relação a outrem; achar melhor uma ação ou atividade em relação à outra, é o livre-arbítrio, a faculdade de tomar decisões seguindo somente o próprio discernimento. O direito de escolher é a democracia do poder ser, da individualidade. Já o preconceito é a nefasta opinião concebida sem reflexão sobre algo ou alguém, de forma irracional, embrutecida e ofensiva.

 

            O ato discriminatório e o preconceito geralmente são praticados por pessoas deseducadas, arrogantes ou assoberbadas, que carregam o peso do orgulho desmedido, ignorando a igualdade entre os homens.

 

            A grande verdade é que a discriminação está fortemente arraigada nas mentes nefárias daqueles que realmente dela fazem uso. O importante é que independente da cor da pele, todos são por Deus condecorados com inteligência e esta, graças ao criador, não tem cor.

 

 

VALDEREZ DE MELLO   -   Psicopedagoga e advogada. Autora do livro "Lágrimas Brasileiras".

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:15
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links