PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sexta-feira, 26 de Abril de 2013
ARMANDO ALEXANDRE DOS SANTOS - A GRANDE VANTAGEM DE SABER LATIM

                    

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 11 de fevereiro último, o Papa Bento XVI anunciou que renunciaria de suas funções pontifícias no dia 28 do mesmo mês. Naquela manhã de inverno, a sessão parecia ser rotineira, nada indicava que desencadearia tudo quanto desencadeou. Tratava-se de uma reunião realizada na sala do Consistório do Palácio Apostólico, para anunciar a canonização próxima de alguns mártires. Estavam presentes dezenas de Cardeais, com trajes solenes, todos sentados diante do Papa formando um grande retângulo, vazio ao centro. Estavam presentes também quatro jornalistas, encarregados de dar cobertura à sessão.

 

O Papa principiou a ler um texto em latim. A certa altura de sua fala anunciou, também em latim, que tinha uma importante comunicação a fazer. Passou a ler então, no mesmo idioma, um outro texto, no qual anunciava sua decisão de renunciar.

 

Não tenho certeza de que todos os eminentes purpurados ali presentes conheciam o latim de modo suficiente para entender, desde logo, o alcance do que estava sendo lido. Receio que alguns já tivessem esquecido os estudos feitos ainda antes do Concílio Vaticano II, em sua remota juventude.

 

Outros, mais jovens, possivelmente nunca chegaram a dominar bem a bela língua de Cícero, de Ovídio e de Horácio. Talvez alguns tenham entendido, mas se mantiveram em respeitoso silêncio. 

 

Ao final da sessão, foram distribuídas a todos, inclusive aos jornalistas, cópias escritas dos dois textos que o Papa lera. Uma jornalista presente, de nome Giovanna Chirri, representante da agência noticiosa ANSA, dominava bem o latim e entendeu perfeitamente o alcance da cena que se desenrolava diante de seus olhos estarrecidos. Para sua surpresa, a sala ouvira o Papa em silêncio, sem demonstrar qualquer comoção, aparentemente sem ter entendido o que se passara. No final, Giovanna notou que seus três colegas, ignorantes da língua da velha Roma, receberam as folhas escritas, dobraram-nas, colocaram-nas nas respectivas pastas e saíram calmamente, como de rotina, como se nada excepcional tivesse acontecido. 

 

Mas Giovanna, embora muito emocionada, imediatamente ligou para sua agência e deu o “furo”. Foi a ANSA a primeira agência a noticiar a renúncia papal. 

 

Vantagens de saber latim...

 

O latim, durante longas décadas esquecido, está voltando a ser objeto de estudo e de interesse por parte de jovens. Já informei nesta coluna que aqui em Piraciba o Instituto Poíesis, fundado e dirigido pela Profa. Maria Silvana Hion Novello, está promovendo cursos de latim e grego clássicos, ministrados pela Profa. Beatris Ribeiro Gratti, da Unicamp. Matéria recentemente estampada pela revista “Isto é” informa que, no Brasil, existem dez cursos de graduação em latim funcionando ativamente, com um total de 544 alunos (336 mulheres e 208 homens). A procura é maior do que a disponibilidade de vagas. Em 2011, apresentaram-se 674 candidatos a cursos universitários de latim, mas somente 157 conseguiram vagas. 

 

O latim é, na realidade, uma língua extremamente lógica e simples, de um beleza incomparável. Desde que compreendida sua lógica e seu sistema de declinações, é fácil, sobretudo para nós, pois a imensa maioria das palavras que usamos no português já é de raiz latina. Durante séculos, foi a língua da liturgia católica, foi a língua da ciência universal e da diplomacia. No império austro-húngaro, no qual conviviam povos de línguas diferentes e no qual havia oito idiomas oficiais, o latim foi usado até 1918 nos requerimentos e despachos governamentais. Era em latim que o imperador Francisco José lia os relatórios de seus ministros e os despachava.

 

Uma outra curiosidade que por certo surpreenderá o leitor: o latim foi a língua diplomática dos caciques no Nordeste brasileiro na primeira metade do século XVII. Durante o segundo reinado, D. Pedro II enviou à Holanda pesquisadores brasileiros encarregados de copiar a documentação ali

conservada sobre o Brasil. Foram, então, encontradas cartas em latim, escritas pelo índio Antonio Filipe Camarão, o Poty, a outros chefes indígenas, exortando-os a apoiarem a causa dos portugueses contra os invasores batavos. 

 

Interceptadas pelos holandeses, essas cartas foram levadas para a Europa e conservadas em seus arquivos. A explicação é que esses caciques conheciam o latim porque haviam estudado, quando curumins, no colégio dos jesuítas, da Bahia. Eram de tribos diferentes, falavam talvez idiomas nativos diversos, mas todos haviam recebido os rudimentos da cultura clássica... que os habilitava a, entre si, se comunicarem numa língua diferente, só de caciques, só de índios cultos!

 

Uma última informação surpreeendente: Mark Zuckerberg, o moderníssimo e super-atualizado criador do Facebook, é latinista e leitor assíduo de Virgílio...

 

 

 

 

 

 

ARMANDO ALEXANDRE DOS SANTOS   -      Historiador e jornalista, é diretor da Revista da Academia Piracicabana de Letras.

                                     



publicado por Luso-brasileiro às 14:55
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links