PAZ - Blogue luso-brasileiro
Quarta-feira, 29 de Maio de 2013
PAULO ROBERTO LABEGALINI - OBRA DE ARTE SEM MOLDURA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eis que um sujeito desce na estação do metrô de Nova Iorque vestindo jeans, camiseta e boné. Encosta-se próximo à entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali bem na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos em que tocou, foi praticamente ignorado pelos passageiros.

 

Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas, num instrumento raríssimo: um Stradivarius de 1713, estimado em mais de três milhões de dólares! Alguns dias antes, Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custam mil dólares!

 

Cenas gravadas no metrô mostram homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino. E a conclusão do fato é que estamos acostumados a dar valor às coisas dependendo do contexto. No caso de Bell tocando para a multidão, tratava-se de uma ‘obra de arte sem moldura e sem etiqueta de grife’. Isso acontece a toda hora em nossas vidas, em situações que não envolvem pompas e preços.

 

Temos controle dos nossos sentimentos e valores independente da manipulação do poder financeiro do mercado, ou será que valorizamos sempre mais aquilo que está com etiqueta de preço? Caridade, por exemplo, precisa de etiqueta para atingir o seu objetivo de servir o próximo?

 

O que não se compra precisaria sempre valer mais, concorda? Quanto custaria uma amizade sincera, um amor inesquecível, um perdão incondicional, um raio de sol na manhã de inverno, um abraço de uma criança grudada no pescoço? E se desse para comprar, quanto custaria a felicidade? E o amor de Deus por nós, teria como colocar algum preço?

 

Regina Brett, uma senhora de 90 anos, escreveu as 40 lições que a vida lhe ensinou. Com certeza, ela não venderia isso por dinheiro algum.   

 

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

 

2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo.

 

3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

 

4. Seu trabalho não cuidará de você quando ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão.

 

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

 

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar de si.

 

7. Chore com alguém; cura melhor do que chorar sozinho.

 

8. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

 

9. Quanto a chocolate, é inútil resistir.

 

10. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.

 

11. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.

 

12. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.

 

13. Tudo pode mudar num piscar de olhos, mas não se preocupe: Deus nunca pisca.

 

14. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

 

15. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

 

16. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.

 

17. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.

 

18. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, vista lingerie chique.  Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial!

 

19. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.

 

20. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir  roxo.

 

21. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

 

22. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você.

 

23. Enquadre todos os ‘desastres’ com estas palavras: Em cinco anos, isto importará?

 

24. Sempre escolha a vida.

 

25. Perdoe tudo de todo mundo.

 

26. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

 

27. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.

 

28. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

 

29. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

 

30. Acredite em milagres.

 

31. Deus ama você porque Ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.

 

32. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.

 

33. Envelhecer ganha da alternativa ‘morrer jovem’.

 

34. Suas crianças têm apenas uma infância.

 

35. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

 

36. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.

 

37. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos  nossos mesmos problemas de volta.

 

38. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa para se salvar.

 

39. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.

 

40. A vida não está amarrada com um laço, mas sempre é um presente.

 

Considere, leitor, que ler isto também não tem preço. E saiba agradecer, rezando e servindo o próximo com amor.

 

 

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI -    Escritor católico, Professor Doutor da Universidade Federal de Itajubá-MG. Pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária da UNIFEI.

 

 

Lançamento de livro:

Histórias Cristãs – Editora Raboni – Paulo R. Labegalini (www.raboni.com.br)

 



publicado por Luso-brasileiro às 19:33
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links