PAZ - Blogue luso-brasileiro
Quinta-feira, 27 de Junho de 2013
RENATA IACOVINO - SEM SENTIDO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

            Surpreendo-me com isto, mas ainda existem pessoas que pensam assim. E pelo que tem demonstrado nossa cara humanidade, existirão sempre.

 

            Afirmar que ter animais ou dar atenção e protegê-los é algo que prejudica o amparo às crianças é, no mínimo, digno de uma pobreza de intelecto imensurável.

 

            A frase feita que permeia tal assertiva causa-me repulsa não só por seu conteúdo raso e oco e por sua pieguice, mas porque planta um sofisma próprio de um pensamento ogro. E quem não entende direito... vai repetindo, passando para frente a inverdade.

 

            O cuidado com um não exclui o cuidado que se deve ter com o outro. E vice-versa. Ao contrário, complementam-se. Mesmo porque convivemos neste mundinho tão grande, habitado por seres das mais variadas espécies e se ignorarmos o cuidado e o respeito que temos de ter com o outro - racional ou irracional - vamos dar cabo rapidinho de nossa existência.

 

            Inclusive porque dependemos tantas vezes dos irracionais para nos dar guarida de todo tipo, não só em questões práticas, mas também, e especialmente, em questões afetivas.

 

            Os que não se julgam preconceituosos e se acham detentores de um conhecimento capaz de resolver os problemas sociais existentes são, em média, os que insistem em disseminar o dito cujo pensamento. Como se essa visão tosca não fosse um preconceito!

 

            Pior os que saem por aí matando animais porque estes os incomodam. O abandono incomoda, não?! "Como pode o abandono morar à minha porta? É preciso eliminá-lo!", assim pensam esses racionais. Curioso é que se encontram uma criança abandonada, apesar de igualmente isto incomodá-los, não matam. Mas só não o fazem porque há pena, porque diante de tal ato a lei não é branda.

 

            Penalizar um assassino de animais é missão quase impossível.

 

            E ambos são crimes, pois ambas são vidas, da criança e do bicho. 

 

            O Homem precisa conviver mais com animais para se tornar humano, pois a convivência amiúde com máquinas vem extinguindo sua essência, sua sensibilidade e sua racionalidade, visto que o pensar aí tem encontrado dificuldades em se estabelecer.         Tudo é imitação, tudo tem que ser igual. Adeus à criatividade, adeus ao que faz sentido.

 

            Hoje, quanto menos as coisas fizerem sentido, melhor!

 

            Sou do tempo em que havia partidos de direita e de esquerda. Hoje, ambos ocupam o mesmo lado da moeda.

 

 

 

 

 

Renata Iacovino, escritora, poetisa e cantora / reiacovino.blog.uol.com.br /
reval.nafoto.net / reiacovino@uol.com.br

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:53
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links