PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 24 de Maio de 2010
PAULO ROBERTO LABEGALINI - APRENDER PARA RECONSTUIR

 

                        

 

 

Esta é a narrativa de um homem que estava infeliz com tudo o que lhe acontecia:

“Certo dia, decidi dar-me por vencido. Renunciei ao meu trabalho, às minhas relações, à  minha espiritualidade, até à minha vida. Dirigi-me ao bosque para ter uma última conversa com Deus:

– Senhor, poderias dar-me uma boa razão para eu não entregar os pontos?

A resposta me surpreendeu:

– Olha ao redor. Estás vendo a samambaia e o bambu? Pois bem, quando os semeei cuidei deles muito bem, não lhes deixei faltar luz e água. A samambaia cresceu rapidamente, seu verde brilhante cobria o solo; porém, da semente do bambu nada saía. E, apesar disso, eu não desisti do bambu. No segundo ano, a samambaia cresceu ainda mais brilhante e viçosa; da semente do bambu, nada apareceu. Mas não desisti do triste bambu. No terceiro ano, no quarto, a mesma coisa; mas no quinto ano, um pequeno broto saiu da terra. Aparentemente, em comparação com a samambaia, era muito pequeno, até insignificante. Depois, o bambu cresceu mais de 20 metros.

Fui ouvindo e imaginando o final da história. E Deus continuou:

– O bambu ficou cinco anos afundando raízes, que o tornaram forte e lhe deram o necessário para sobreviver. A nenhuma de minhas criaturas eu faria um desafio que não pudessem superar.

E parecendo olhar bem no meu íntimo, concluiu:

– Sabes que durante todo esse tempo em que vens lutando estavas criando raízes? Eu jamais desisti do bambu e nunca desistirei de ti. Peço que não te compares com os outros. O bambu foi criado com uma finalidade diferente da samambaia, mas ambos eram necessários para fazer do bosque um lugar bonito. Teu tempo vai chegar. Crescerás muito!

– Quanto tenho que crescer? – perguntei.

– Tão alto quanto o bambu – foi a última resposta.”

Pode deduzir, leitor, que Deus quis dizer: ‘Tão alto quanto quiser que eu te ajude!’ Assim, espero que estas palavras também possam ajudá-lo a entender que Jesus nunca desistirá de você. Nunca se arrependa de um dia vivido – os bons trouxeram felicidade, os maus deram-lhe experiência. Ambos são essenciais para a vida. A felicidade adiciona doçura e os problemas nos mantêm fortes. O sucesso alimenta o ego, mas só Deus nos mantém caminhando rumo ao Céu.

Para viver melhor, o importante é sabermos aproveitar tudo o que encontramos pela frente. Imagine alguma pedra que surge no caminho... Isto já aconteceu com muitas outras pessoas...

O distraído nela tropeçou, o bruto a usou como projétil, o empreendedor a empregou para construir, o camponês fez dela um assento... Para meninos, foi brinquedo; Carlos Drummond de Andrade a poetizou; com ela, David matou Golias e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura. Em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem! Não existe pedra no caminho que não possa ser aproveitada para o próprio crescimento.

Lembre-se que cada instante que passa é uma gota de vida que nunca mais volta. Aproveite para evoluir e saiba tirar o melhor proveito, pois talvez não terá tantas outras chances de reconstruir. Amar como Jesus amou não é fácil, sabemos, mas se cada um tentasse aplicar isso em sua vida de vez em quando, quem sabe se tornaria um hábito natural?

Julgamos as pessoas e vivemos criticando o que fazem ou deixam de fazer, o que é próprio do ser humano, concorda? Mesmo assim, não é obvio que sem amor no coração as coisas não irão melhorar? E se um tratamento mais carinhoso não partir de quem critica, fica ainda mais difícil mudar o que está errado e reconstruir relacionamentos pacíficos.

Como é gostoso saber que somos compreendidos em nossas virtudes e defeitos! Durante a Festa Social de Nossa Senhora do Sagrado Coração, enquanto eu vendia doces, aproximou-se um cidadão chamado Gerson para dizer que comprava o jornal O Sul de Minas para ler semanalmente esta coluna. Fez mais alguns elogios e foi-se embora, mas ficou o sentimento positivo de reconhecimento pelo meu trabalho na evangelização. Pedi que não deixasse de rezar por mim, e eu rezo por ele.

Assim o Reino de Deus será construído: Ele falando e nossos corações aceitando cumprir Sua vontade. Um dia nos esforçamos mais, outros menos, mas todos os dias sem pecados mortais nas costas. Não é tão difícil como algumas pessoas imaginam; basta tentar e ver que o ‘bambu’ começará a crescer.

Até o Papa Bento XVI já foi ‘samambaia’ e continuaria sendo pelo resto da vida se não aceitasse o plano de amor que Deus tinha para a sua vida. Tenho certeza que transpôs barreiras imensas para servir com retidão e se tornou o nosso maior pastor. Segundo as palavras de Jesus, o que o Papa ligar na Terra será ligado no Céu.

Portanto, quem aprender a crescer como um bambu de 20 metros, faltará pouco para essa conexão com o Paraíso.

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI --    Escritor católico, Professor Doutor da Universidade Federal de Itajubá-MG. Pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária da UNIFEI

 



publicado por Luso-brasileiro às 10:06
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links