PAZ - Blogue luso-brasileiro
Quinta-feira, 27 de Maio de 2010
HUMBERTO PINHO DA SILVA - DOIS IRMÃOS...DUAS VIDAS

                     

 

 

Dois irmãos, de nome José e António, que viviam nas abas de Viseu, cansados de labutar no campo, que mal dava para o sustento, assentaram buscar trabalho na Capital.

Um, procurou emprego no comércio; outro, negociou por conta próprio, como vendedor ambulante.

Decorrido meses, o José, conheceu uma jovem e casou-se. Adquiriu casa nos arredores e durante trinta anos tem que pagar ao banco, que lhe emprestara o dinheiro, capital, mais juros.

António também se matrimoniou, mas pensando que seria asneira comprar habitação, ergue num baldio tosca casa rasa, apropriando-se de pequeno terreno, onde colhe os mimos.

Durante trinta anos a fio, José terá que retirar, do magro salário, a mensalidade, sempre temeroso de perder a casa, por falta de pagamento. No correr dos anos, ajuntou à despesa: o imposto camarário, seguros e obras de beneficiação.

Como o salário é pequeno, trabalha sem cessar, aforrando quanto pode. Férias nunca as teve e divertimento mal conhece.

Ao invés, o irmão, liberto de despesas e impostos, possuí automóvel topo de gama, e no Verão tira um mês para estanciar no Algarve ou nas costas soalheiras do mediterrânico espanhol.

Nada tem de seu, porque nunca aforrou, desse jeito obtém muitos subsídios. Pelo contrário, o irmão, considerado da classe média e proprietário, não recebe benesses estatais, e está impedido de auferir auxílio de entidades particulares, ainda que de portas a dentro hajam grandes precisões.

Um dia aparece, no barraco do António, uma senhora, declarando que estava ilegal e que a moradia que levantara de blocos teria de ser imediatamente arrasada. 

- Mas nós não temos para onde ir?! Brada, juntamente com a mulher, - empregada fabril, - enquanto dois envergonhados garotos espreitam atrás da porta.

São informados que seriam deslocados para nova casa e pagariam de harmonia com o rendimento familiar.

Aceitaram, contrariados e foram viver para bairro camarário, a dois passos do irmão José., num T3 acabado de construir.

 

Moral da história:

 

Será que compensa amealhar? Será que vale a pena não gozar férias e passar décadas de privações e canseiras?!

Oh formiga de La Fontaine!, se vivesses neste século certamente   cantarias todo o Verão! António habita num cómodo T3 e paga renda inferior ao que o irmão tem que entregar mensalmente pelo T2 usado!!!...

Dois irmãos…duas vidas. Quem a sabe viver?

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA   -   Porto, Portugal



publicado por Luso-brasileiro às 14:58
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links