PAZ - Blogue luso-brasileiro
Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
ARMANDO ALEXANDRE DOS SANTOS - A NOVENA MILAGROSA DE SANTA TERESINHA

          

 

 

 

 

 

 

 

Armando Alexandre dos Santos.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 30 do corrente mês de setembro se completarão os 120 anos do falecimento de Santa Teresinha do Menino Jesus, falecida na França em 1897 e canonizada em 1925 pelo Papa Pio XI. A jovem e humilde carmelita que abriu, na espiritualidade católica, um caminho novo para atingir a santidade (a célebre “pequena via”), foi glorificada de modo muito especial em 1997, quando o então Papa João Paulo II proclamou-a Doutora da Igreja.

Discreta e silenciosa, durante a vida quase não chamou a atenção sobre si. Parecia uma freira comum, sem nada de excepcional. Faleceu aos 24 anos de idade, tuberculosa, depois de passar por terríveis sofrimentos. Enquanto agonizava, ouviu duas freiras comentarem entre si, do lado de fora de sua cela: “Coitada da Irmã Teresa! Ela não fez nada na vida... O que nossa Madre poderá escrever sobre ela, na circular em que dará aos outros conventos a notícia de sua morte?”

Assim viveu Santa Teresinha, desconhecida até mesmo das freiras que com ela compartilhavam a clausura do Carmelo. Somente depois de morta seus escritos e seus milagres revelariam ao mundo inteiro a verdadeira envergadura de Teresinha, a grande Santa e Mestra da espiritualidade.

Conta–se que no dia 3 de dezembro de 1925, pouco depois da canonização de Santa Teresinha, o Padre Putigan, da Companhia de Jesus, iniciou uma novena rogando a intercessão dela para alcançar uma graça muito importante.

 A novena consistia na reza diária de 24 Glórias ao Pai, em ação de graças à Santíssima Trindade pelos 24 anos de vida da gloriosa Santa. O sacerdote pediu também que Santa Teresinha lhe desse um sinal de que o pedido seria atendido, e que tal sinal fosse alguém lhe oferecer uma rosa. De fato, no terceiro dia da novena, uma rosa vermelha, fresca e perfumada, foi ofertada ao sacerdote por uma pessoa amiga.

No dia 24 do mesmo mês, o Pe. Putigan iniciou outra novena e dessa vez pediu como sinal de atendimento uma rosa branca. No quarto dia da novena, uma religiosa que servia num hospital se aproximou do padre e lhe deu uma rosa branca, dizendo que era Santa Teresinha que a mandava.

Surpreso, o sacerdote quis saber pormenores do fato, e a religiosa explicou que estava na capela rezando diante de uma imagem de Santa Teresinha enfeitada por flores, quando inesperadamente caíra uma rosa branca do vaso. A freira ia recolocá-la no local quando lhe ocorreu levá-la ao padre, sem saber que com isso estava lhe levando o sinal esperado. Desde então, o Pe. Putigan se tornou propagador incansável da Novena dos 24 Glórias ao Pai, em louvor de Santa Teresinha, constituindo uma cruzada de orações em muitos países.

Pode–se fazer a novena em qualquer dia, mas o costume é preferencialmente fazê-la entre os dias 9 e 17 do mês, porque nesses dias muitos outros fiéis estão fazendo a mesma novena em diversas partes do mundo. O essencial da novena é a reza dos 24 Glórias, mas se se quiser, pode–se usar também a seguinte fórmula:

“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu Vos agradeço todos os favores e graças com que enriquecestes a alma de vossa Serva Santa Teresinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e pelos méritos de tão querida Santa, concedei–me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para a salvação de minha alma”.

Rezam–se em seguida os 24 Glórias, acrescentando a cada um a seguinte jaculatória: “Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!” (cfr. Orações de todos os tempos da Igreja, Felipe Aquino, Editora Cleófas, Lorena–SP, 1998).

Aqui fica, para os amáveis leitores desta coluna, a sugestão de que experimentem rezar essa milagrosa novena a Santa Teresinha.

 

 

 

ARMANDO ALEXANDRE DOS SANTOSé historiador e jornalista profissional, membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e da Academia Portuguesa da História.



publicado por Luso-brasileiro às 18:00
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links