PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 29 de Junho de 2015
FELIPE AQUINO - PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE IDEOLOGIA DO GÊNERO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer saber mais sobre o assunto? Preste atenção nas perguntas respondidas nesta matéria!

 

 

 

Na quinta-feira (11.06.15), durante o Programa Escola da Fé na TV Canção Nova, recebemos muitas perguntas sobre Ideologia de Gênero e Identidade Sexual. Por isso, achamos importante publicar algumas dessas respostas aqui. É fundamental que todo católico esteja por dentro do que está acontecendo em nosso país e no mundo; e esteja preparado para esta luta em defesa de nossas famílias.

 

1- Segundo dados do IBGE, mais de 50% das famílias brasileiras já não são as famílias tradicionais. Como a igreja vê essas novas formas de família e o que a igreja está fazendo para acolhê-las?

A Igreja não considera família a união de pessoas do mesmo sexo com adoção de crianças. No caso de casais de sexo diferentes (heterossexuais), que apenas coabitam o mesmo teto sem casamento ou sem matrimônio. A Igreja lamenta este tipo de união e trabalha no sentido que se casem na Igreja, se não houver impedimento canônico para isso.

 

2- Sou professora no ensino fundamental. Leciono do primeiro ao quinto ano. Minha pergunta é: Caso seja aprovada esta ideologia da qual falamos, nós professores , por lei teremos que aplicar este estudo? E se nos recusarmos a ensinar isto?

Se a ideologia de gênero for aprovada por lei no PME do município, os professores das disciplinas ligadas ao assunto terão de ensinar isso, sob possível pena de possível punição. Embora o direito de “obsessão de consciência” esteja na Constituiçãobrasileira, pode haver desrespeito a este princípio que assegura à pessoa não agir contra a sua consciência

 

 

jesussinaldecontradio

 

 

 

3- O que poderíamos nós, como pais de adolescentes, fazer para conscientizar nosso filhos sobre essas inversões de valores, onde as próprias escolas estão contribuindo para isso?

O importante antes de tudo é os pais estarem a par do que se ensina a seus filhos nas escolas nos assuntos de moral; e reagirem contra, em grupo, contra os ensinamentos que não estiverem de acordo com o que a Igreja ensina. Protestar juntos aos professores e a direção da Escola quando isso ocorrer. E conversar com os filhos ensinando-lhes o que é certo e o que é errado.

 

Leia também: Brasil: Nova ameaça da “ideologia de gênero”

O Perigo da Ideologia de Gênero

Reflexões sobre a “ideologia de gênero”

 

4- Aqui na minha cidade, na Câmara não foi votado. O que posso fazer pra mobilizar minha cidade?

Conscientizar as pessoas, especialmente líderes de grupos católicos, para se manifestarem juntos aos vereadores para que votem contra a identidade de gênero no PME – Plano municipal de Educação, que será votado nas Câmaras até o dia 24 de junho. Outra importante informação é que é retirada a palavra “gênero” do PME, que substitui a palavra sexo.

 

5- A ditadura do relativismo impõe que o conceito de família deve ser relativizado, ao ponto, que não parta nem sequer do ideal: homem – mulher – filhos. Mesmo sabendo que há novas configurações, como não ter claro isto como ideal de família? Como defender este ideal de forma que seja aceita num estado Laico, onde não se admite argumentação de fundo confessional – religioso?

A Constituição, do Brasil, no artigo 256, § 3º, considera entidade familiar, a união estável entre um homem e uma mulher. Pois isso é o natural, não apenas algo religioso. Desde que existe a humanidade, se entende o casamento e a família como esta realidade, que supera o aspecto apenas religioso. É algo natural, tendo em vista que a família sempre foi vista como os pais e seus filhos gerados por eles.

 

 

masculinoefeminino

 

 

Assista também: Você já ouviu falar em Ideologia de gênero?

 

6- Você sabe a diferença entre gênero e sexo?

Sexo é apenas masculino e feminino, com o qual nascemos com ele bem definido. Gênero é ideologia que quer impor que sexo não existe; que ser masculino ou feminino é apenas uma questão social ou psicológica imposta pela sociedade, e que existem muitas formas de sexualidade que a pessoa deve escolher livremente, por exemplo: homossexual masculino; homossexual feminino, heterossexual masculino, heterossexual feminino, bissexual, transexual, etc..

 

7- Essa semana falou-se muito que a arte não tem limites. Por que as atitudes religiosas são tão reguladas e limitadas pela sociedade? Por que não podemos falar de Deus abertamente? E ainda por que a justiça não age corretamentecontra crimes que denigrem a fé assim como age severamente contra a homofobia, por exemplo?

 

 

naovosconformeis

 

 

 

Na verdade a fé incomoda aqueles que não vivem segundo as leis de Deus; é como a luz que brilha nas trevas e essas reagem querendo apagar as luzes porque essas manifestam suas obras más. O que temos de fazer é lutar pelo direito de manifestação de nossas ideias, pois estamos em um país democrata.

 

8- Por que os grupos LGBT defendem a ‘ideologia de gênero’ e ao mesmo tempo defendem que o homossexualismo é nato, como foi o tema da Parada Gay deste ano (Eu nasci assim…)? Não parece uma contradição? Se o “indivíduo” nasce neutro, então também não pode nascer gay.

Não é fácil responder essa pergunta; não só essa incoerência existe na agenda gay, mas muitas outras.

 

9- Queria que me indicasse um livro de sua autoria que trata do assunto?

No meu livro JESUS, SINAL DE CONTRADIÇÃO tem um capítulo inteiro que trata questões ligadas a ideologia de gênero, e vários outros assuntos de moral. Também no livro NÃO VOS CONFORMEIS COM ESTE MUNDO.

 

10- Quais sites católicos podemos acessar e ficar por dentro de assuntos como esse?

Indicamos o acesso aos sites como:

cleofas.com.br/

www.cancaonova.com/

www.zenit.org/pt

www.aleteia.org/pt

www.acidigital.com/

www.gaudiumpress.org/

 

 

 

 

 

FELIPE AQUINO - Escritor católico. Prof. Doutor da Universidade de Lorena. Membro da Renovação Carismática Católica.

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:21
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links