PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sábado, 28 de Janeiro de 2017
HUMBERTO PINHO DA SILVA - RECORDANDO TEREZA DE MELLO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 16 de Junho de 2008, minha amiga Tereza de Mello, escreveu-me, via correio eletrónico, declarando: “ Se lhe disser que (o blogue) é a única coisa que alegra o meu dia, talvez não acredite; mas é verdade.”

Tereza de Mello, era pseudónimo de Maria de Lourdes Brandão e Mello, Senhora, que diariamente “ conversava” comigo, via Internet.

Era velha fidalga, mas raramente falava-me de seus ilustres ascendentes. Para ela, o pai e mãe, eram apenas: pai e mãe, independente de apelidos herdados. Pelo menos, para mim, era assim.

Um dia destes, ao abrir velho computador portátil, há muito desligado, fui encontrar a brevíssima autobiografia, que ela, me mandou, quando, curioso, quis conhecer mais um pouco da minha querida confidente:

“ Embora a família fosse conservadora, era muito aberta e simples. Dai eu ter tido uma infância tão feliz, na Ponte da Barca, para onde ia com a Mãe, em Maio, até ao Natal.

“Brincava com todas as crianças da terra, descalças, algumas rotas; todos com piolhos.

“ Éramos todos amigos de verdade: rapazes e raparigas.

“ Agora, graças a Deus, estão todos bem na vida.

“ Uns emigraram, outros foram para Lisboa, mas quando vão à terra, vão sempre visitar-me.

“ Já crescida ia com eles, para as romarias, desfolhadas e vindimas. Dançava muito bem. Pertenci ao Rancho de Viana, o primeiro que se fez.

“Depois, já mulherzinha, andava sozinha pelos montes, pelas margens do rio, e descobri sítios bonitos, com o barco “ DEUS TE GUIE”.

“ Era muito piedosa, ia à missa todos os dias e rezava o rosário, no alto dos montes, como escrevi nos diários de então. Já não me lembro disso.

“ Tinha um irmão, e uma irmã, mais velhos, e completamente diferentes de mim.

“ Casei muito nova. Vim para Abrantes

“ Os primeiros anos foram muito difíceis. As pessoas de Abrantes não são nada recetivas. O meu marido vivia absolvido pela fábrica.

“ Dava por mim a dançar o Chula ou o Malhão, e acabava, sentada no soalho, quase sempre a chorar…”

(Contou-me, que certa vez, o marido, a surpreendeu a dançar. Ficou muito corada e envergonhada.)

“ As minhotas são especiais.

“ Em 40 anos de casamento, aconteceram muitas coisas, como é normal: boas e más…”

Contínua, tratando assuntos pessoais, que não devo revelar.

Era esta Senhora, grande amiga deste blogue. Em nova, nos primeiros anos de infância, viveu na Rua Domingos Sequeira, em Lisboa, e em Ponte da Barca, onde tinha casa.

Pareceu-me justo, lembrar a memória de alguém, que me marcou grandemente, e foi grande impulsionadora, para que este modesto blogue, fosse criado.

Hoje, graças o apoio de muitos, tem amplos leitores, principalmente na Grande São Paulo; mas, também é lido: em África, nos USA, no Canadá, e em muitos países da Europa. Alguns artigos têm sido transcritos na imprensa e publicados em sites, graças aos excelentes colaboradores, que, semanalmente, enviam  suas crónicas para o blogue "Luso-brasileiro".

 

 

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA   -  Porto, Portugal



publicado por Luso-brasileiro às 18:35
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links