PAZ - Blogue luso-brasileiro
Terça-feira, 28 de Julho de 2015
HUMBERTO PINHO DA SILVA - QUEM É VERTICAL DIFICILMENTE PASSA DA CEPA TORTA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na nossa terra só tem valor quem pensa como nós. Quando se aprecia um escritor ou interprete, primeiro procura-se saber: “ De que partido é? …” Se tem as nossas ideias, é mestre, se não, tem habilidade ou não passa de coitadinho, que se põe em bicos de pés…

Vem o introito a propósito da conversa travada por meu pai e conhecido político, amigo de infância.

Vários intelectuais lisboetas ou que viviam em Lisboa, em encontros ou por carta – nesse tempo ainda não havia Internet, – não se cansavam de dizer: “ Por que não desce à Capital? Seus artigos são magníficos! Tão bons como os de Ramalho!... Mas enquanto não escrever em periódico da Capital, ninguém lhe dará valor…”

Acicatado por esses confrades, resolveu, certa tarde, visitar amigo de infância, que se tornara importante político.

Bateu-lhe à porta e foi recebido de braços abertos:

- Por que não apareces mais vezes? …Contigo não faço cerimónias…

Meu pai agradeceu a gentileza e disse ao que vinha: que ilustres professores e reconhecidos intelectuais, não se cansavam de elogiar os artigos, e diziam-lhe para descer à Capital…

- Mas como? Se não conheço proprietário ou diretor de grande jornal que queira apadrinhar? …

- Ó Mário: Eles têm razão… – Meu pai ia-lhe lendo frases de cartas que recebera de sonantes nomes da literatura portuguesa. - Tenho lido a tua coluna no matutino que compro, e francamente te digo: És excelente! …

Meu pai estava radiante. Bastava cartão de visita do amigo, com algumas palavras, para que revistas e jornais de expansão nacional abrissem-lhe as portas… e as janelas…

Mas quando assim pensava, ouviu este desabafo:

- Mário: Tu sabes que não sou homem de Igreja. Sou ateu por convicção e militante de esquerda. Como queres que recomende católico praticante e ainda por cima colaborador de jornais de direita! …Deixa, pelo menos, o semanário X, e pode ser que te encontre um diário de Lisboa. Mas vê lá o que vais escrever! …Tens que apimentar a prosa e escolher temas que agrade ao povo…Compreendes? …

Meu pai agradeceu a cortesia, mas preferiu continuar a ser jornalista nortenho, que trair sua crença e seus princípios.

Saiu de cabeça erguida, mas condenado a ser sempre intelectual de província… porque não desceria à Capital…

Se aceitasse, certamente teria alcançado fama. Os editores disputariam seus livros e os críticos agnósticos, teceriam louvores ao mestre.

Seria premiado e aplaudido pelo povo acéfalo, que correria ao livreiro para adquirir a obra que a crítica da “ capelinha” diria ser best-seller.

Seria tudo, mas a crença e a consciência não lhe permitiram “ apimentar” a prosa nem deixar de escrever artigos de inspiração cristã.

Morreu como escritor e jornalista nortenho…mas morreu em paz…

 

 

 

HUMBERTO PINHO DA SILVA - Porto, Portugal



publicado por Luso-brasileiro às 10:53
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links