PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sexta-feira, 24 de Abril de 2020
JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI - FERROVIA NO BRASIL. IMPORTANTE NO PASSADO, DESPREZADA NO PRESENTE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

73006349_2448637445385150_3785251181584973824_n.jp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

        Celebra-se a 30 de abril, o Dia do Ferroviário já que nessa data em 1854, inaugurou-se a primeira linha ferroviária do Brasil, numa viagem que contou com a presença do imperador dom Pedro 2º e de sua mulher, Tereza Cristina.  Era a Estrada de Ferro Petrópolis, que tinha aproximadamente quatorze quilômetros de trilhos, ligando o Rio de Janeiro a Raiz da Serra, na direção da cidade que a batizou. Consolidou-se em cima de um projeto e do empreendimento de Irineu Evangelista de Sousa, que por sua iniciativa, recebeu o título de Barão de Mauá. Por ocasião dessa celebração, sempre destacamos que a nossa cidade foi extremamente importante na área.

              Com efeito, além da “Estrada de Ferro Santos-Jundiaí”, que conduzia exportações de diversas localidades ao maior porto brasileiro, foi instalada na cidade de Jundiaí-SP uma sede administrativa muito grande da “Cia. Paulista de Estradas de Ferro”, de origem inglesa, empregando muita gente e influenciando sobremaneira na consolidação de inúmeros de seus aspectos sociais, esportivos e culturais, entre os quais, o Grêmio CP (um dos clubes de manifesta projeção), o Paulista Futebol Clube e o Gabinete de Leitura Ruy Barbosa.

         Até a junção de todas as empresas a formarem a FEPASA, trabalhar na “Paulista” era motivo de muito orgulho e indicava que o seu funcionário era um “bom partido” para casamento, pois subtendia estar estável e ganhar relativamente bem. Outro ponto inesquecível: recordo-me quando criança que minha mãe às vezes acertava o relógio com a passagem do trem que víamos pelo quintal, dada precisão de horário de suas saídas e chegadas.

Dá muita saudade das viagens e passeios que fazíamos. Eram sensações incríveis e momentos prazerosos. E os funcionários das empresas ferroviárias faziam de tudo para preservar as linhas de percurso e a segurança dos passageiros. Efetivamente a ferrovia é um dos meios de transporte mais românticos, sentimentais, bonitos, eficientes e econômicos do mundo e em nosso país, ao contrário, apesar de toda a tradição que tínhamos da tecnologia europeia que aqui foi estabelecida por seus melhores técnicos, acabamos por abandoná-la.

Há contra ela atualmente vários lobbies: o das companhias aéreas, o das transportadoras por caminhão, o das empresas de petróleo, o dos fabricantes de veículos. Apesar de não se lhe outorgar o valor merecido na atualidade em nosso país, ela tem presença significativa no progresso nacional, sendo que os ferroviários eram muito respeitados e devem ser permanentemente reverenciados, mesmo com o enfraquecimento da categoria pelo muito que fizeram pela Nação.

E ainda temos esperanças e torcemos para que as glórias do passado dos trens no Brasil não sejam apenas boas lembranças a cultivarem nossas memórias para se tornarem projetos concretos de reativação do transporte no País.

 

                  

JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI é advogado, jornalista, escritor e professor da Faculdade de Direito do Centro Universitário Padre Anchieta de Jundiaí. Foi presidente das Academias Jundaienses de Letras e de Letras Jurídicas. É mestre em Ciências Sociais e Jurídicas pela PUCCamp (martinelliadv@hotmail.com)



publicado por Luso-brasileiro às 12:37
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links