PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
JOSÉ RENATO NALINI - QUEM NÃO É ROBÔ ?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resultado de imagem para José Renato Nalini

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Umberto Eco disse que as redes sociais abriram espaço para todos se manifestarem. Antes da web, as tolices eram ditas com a barriga no balcão do boteco. Hoje a plateia é o mundo. A imbecilidade se universalizou.

Mas qual é a relevância da disseminação de todas as opiniões no mundo real? O superlativo divulgado altera, por exemplo, o resultado das eleições?

O tema continua a ser discutido nos Estados Unidos, onde as eleições presidenciais surpreenderam até mesmo o eleito, a se confiar no conteúdo de “Fire and Fury”, o livro que está causando furor ali e no mundo. Credita-se à internet a reiteração de “fake News”, que teriam derrotado a candidata favorita Hillary Clinton.

As opiniões divergem. Há quem diga que o uso midiático dessa milagrosa possibilidade de fazer sua manifestação explícita chegar a um universo incomensurável gerou o recrudescimento do fanatismo. Há razões para acreditar que a inteligência artificial se sirva de algoritmos para enfatizar as posturas radicais de maneira a obter crescente intensificação do fundamentalismo.

Aparentemente, há uma polarização de dois grandes grupos. Um mais conservador e o outro à esquerda. Temas culturais se abrigam sob os guarda-chuvas de ambos. As teses minoritárias encontram guarida na esquerda. Os reacionarismos, à direita.

O fenômeno lamentável é a enxurrada de insultos, de aleivosias, de injúrias e de ofensas veiculadas nas redes. Não se economizam adjetivos cruéis. Destila-se maldade sob múltiplas formas. É o regresso à barbárie, à idade da pedra. Os tacapes são verbais, mas não menos nefastos.

A partir da manipulação da informação, seja ela verdadeira ou falsa, na gradação de milhares tons de cinza que uma falácia pode adquirir, o resultado é uma espécie de “robotização” do fanático. Ele só presta atenção àquilo que coincide com sua concepção do mundo. Ele só quer acreditar naquilo que reforce o seu preconceito, a sua pré-compreensão, a sua visão deformada da realidade.

Não caminha rumo à edificação de uma sociedade justa, fraterna e solidária uma turba irada que não sabe ouvir o outro lado, que não se interessa pela argumentação alheia, que não respeita o outro.

O ano de 2018 promete uma sucessão de espetáculos midiáticos. Nem todos eles edificantes. Quem viver, verá.

 

 

 

JOSÉ RENATO NALINI é secretário estadual de Educação e docente da Uninove



publicado por Luso-brasileiro às 17:37
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links