PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sexta-feira, 27 de Março de 2020
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - DESERTO E DESASSOSSEGO

 

 

 

 

 

 

 

 

2vl2knt.jpg

 

 

 

 

 

 

 


Em meio aos desertos da Quaresma e do Coronavírus, a senhorinha me procurou angustiada. Necessitava de notícias do companheiro que foi levado, na noite anterior, após passar pela UPA, para o hospital público. Passara mal a partir das dores no peito. Não pôde acompanhá-lo na ambulância pelos seus mais de 60 anos. A idade dela e os riscos de contaminação a impediram de vê-lo. Ele, que chegou há anos do sertão do Nordeste e perdeu o contato com a família, é mais novo. Suplicou-me em lamento: “Não quero que ele pense que está abandonado. Ele só tem eu (sic)”. Comovi-me. Em sua casa, ela também só tem ele.
Experiência de deserto. O Senhor também a vivenciou com quarenta dias de fome e provocou impacto no demônio que o tentava. Prática do despovoado a quarentena pelo Coronavírus. Cessaram-se proximidades, encontros, reencontros, abraços em despedidas, ombros em situações de dor. Há um silêncio que aperta o coração. Os noticiários sepultam sonhos.
Penso na Via-Sacra. É tempo também de rezar, contemplar os fatos, compadecer-se, acolher os mais tristes, abandonados e fragilizados. É tempo de renunciar a si mesmo, tomar a cruz que cabe a cada um e segui-Lo. Alguém me traz a oração dos missais antigos: “Senhor, Vós que confiastes a Moisés o mandato de bater na pedra para que dela brotasse água, batei na pedra do meu coração, para que eu verta lágrimas”. Que assim seja!
Penso na dor de Jesus a caminho do Calvário e na de Maria Santíssima ao observar o Filho Desfigurado. Recordo-me de uma colocação da Venerável Madre Carminha de Tremembé, que em janeiro último teve suas virtudes heroicas reconhecida pelo Papa Francisco: “Nunca Jesus se fez tão pobre como na Cruz! Seu trono é o patíbulo dos malfeitores! Quem morria na cruz era tido como amaldiçoado por Deus! Aceitar esta humilhação é loucura de amor”.
Quaresma difícil, sem a claridade das celebrações na Igreja, sem a Eucaristia...  Momentos de tristeza e solidão, de sustos e temores, especialmente para os mais idosos. Tempo, no entanto, também de esperança, pois, conforme me disse o Padre Márcio Felipe, pároco desta Igreja, estamos no deserto, porém com Jesus Cristo. É nEle que somos convidados a não ceder às tentações existenciais, mas a caminhar com os olhos no Céu e nas necessidades do próximo. E se surge a pergunta sobre “Onde está Jesus?” A resposta também vem da Venerável Madre Carminha: “Achei Jesus na delicadeza do amor”.
“Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.”

 

 

 

 

MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE -

 Professora e cronista. Coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher – Santa Maria Madalena/ Magdala. Jundiaí, Brasil.


 



publicado por Luso-brasileiro às 11:46
link do post | comentar | favorito (1)

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links