PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2014
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - MOMENTO DE CONSTELAÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

O relato da epifania do Senhor sempre me encanta. Lembra a adoração do Menino pelos magos, que Lhe entregam ouro, incenso e mirra. Como escreve o Pe. Ferdinando Mancilio, C.Ss. R., no semanário litúrgico “Deus Conosco”, de cinco de janeiro, são eles os primeiros pagãos chamados a tomar parte no novo povo de Deus. “São chamados a ser Igreja, sem fronteiras de raça, nação, cor, cultura, unicamente unidos pela fé no Cristo”. E a estrela, que apareceu no Oriente e os conduz, também me maravilha.

 

Dom Cláudio da Silva Corrêa, OSB, em sua profunda e terna homilia na Missa das 10h00 do último domingo, na Catedral, comentou sobre a fé que abre os olhos: os magos viram na estrela um anúncio, foram a uma cidade simples e pouco significativa, não era capital e nem centro de decisões, e encontraram um Menino, aparentemente como outro bebê, em um espaço de pobreza.  A fé os fez reconhecer que estavam diante do Salvador.

 

À tarde, no mesmo dia, a moça - conheço-a faz anos -, me chamou no portão aqui de casa. Precisava de minha ajuda. Comove-me sua decadência física devido à dependência química. Há dias em que dorme em meio aos eucaliptos, domada pela ilusão das drogas que encobre sua realidade. Distancia-se ao encontrar algum parceiro de fumaça que lhe promete “amor eterno”. Buscam paisagens diferenciadas com semelhantes espectros de seres humanos tragados pelo crack. Ao perceber que não existirão mudanças, retorna ao ambiente antigo, em compasso igual: nas madrugadas com olhos arregalados e ao amanhecer em fuga dos pesadelos.

 

Necessitava que lhe fizesse uma declaração para a irmã assinar. Pesa-lhe a ausência em visita ao filho no cárcere, detido pela segunda vez. Recordo-me dele criança. Perambulava pela escuridão. Começou com substâncias inalantes como cola de sapateiro. Usava um paletó de terno que chegava ao joelho. Uma maneira de se identificar. Menino ainda, falava e ria sozinho, mergulhado no nada.  Foi preso no dia em que completou 18 anos: de pequenos furtos a assaltos.  Ela não conseguiria fazer a carteirinha para acesso ao presídio por não ter endereço fixo. A irmã, que trabalha com carteira assinada – fez questão de enfatizar -, se dispusera a lhe oferecer o dela. Acrescentou que a irmã é tão importante que possui até assinatura em cartório para reconhecer firma. É naquela casa que a moça se abriga ao crescer o medo, nas enfermidades, nas crises de abstinência. 

 

Questionei-a se conseguiria manter-se sóbria nas visitas. Estava aí o ponto central como afirmou: é urgente conter-se para dar exemplo ao filho. Quem sabe assim os dois se libertam da fumaça. Deseja viver sem artifícios que escravizam e construir uma história com o seu moleque.  Não escrevo reconstruir, porque não houve história anteriormente.

 

Creio que tenha visto a estrela que leva a Belém e esta iluminou sua alma. Embora habitemos em meio a uma sociedade de trevas, se prosseguir, crendo na claridade, realizará seu sonho de constelação no céu de seu mundo.

 

 

 

 MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE   -   É coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher – Santa Maria Madalena/ Magdala, Jundiaí, Brasil.



publicado por Luso-brasileiro às 11:21
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links