PAZ - Blogue luso-brasileiro
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE - AUTOCONTROLE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2vl2knt.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 


 
No mesmo dia, duas situações me despertaram. A primeira, ao trafegar pela Vila Joana. Um casal, com aparência de moradores de rua, seguia pela calçada em titubeios. Assim que os vi, a moça estava toda molhada. Por certo se banhara em alguma mangueira cedida pelo percurso. O moço lhe entregou uma toalha de banho e ela, com expressão de contentamento, sem se deter, enxugava os cabelos encaracolados. Vinham, creio eu, de um bairro onde há farto comércio de drogas. Seguiam em direção ao centro da cidade.
A que decadência chega o ser humano e sem perder a noção de algumas coisas essenciais como a higiene pessoal, nesse caso acontecendo à vista de todos. Que judiação! Desconheço o que se passou com os dois após saírem do berço e suas angústias. Qual foi o mundo que lhes apresentaram. Quais os olhares com que se depararam. Quais as experiências que adquiriram junto à sociedade, à família, à escola e ao mundo. Cidadãos do acaso em busca de nada.
À tarde, estive com um egresso do sistema penitenciário. A compulsão pelas drogas o levou a delitos outros e dos delitos ao cárcere. Amargou vários anos preso, pois não retornava nas “saidinhas”. Há um tempo considerável, deixou os entorpecentes e sua história atual indica um novo rumo. Trabalha como autônomo, pois é raro que um atestado de antecedentes criminais, com nódoa, possibilite a inserção no mercado de trabalho. Durante a conversa, comentou que tem conseguido se autocontrolar quando alguém o irrita e concluiu: “Se abro a boca, a mão se fecha”. Um soco é quase imediato. Conhecer-se é virtude essencial. Aplaudi-o por essa vitória e me veio o casal que avistara pela manhã. Como conseguir o autocontrole após incontáveis decadências? Na verdade, cada um de nós necessita de autocontrole nisso ou naquilo, ma, se não houve degradação maior, é mais fácil.
Na atualidade falta esse exercício de autocontrole. Há pais que permitem e justificam as atitudes negativas dos filhos e, mais tarde, nos desencontros dos mesmos se fazem de vítimas. Correção de atitudes comportamentais nas escolas é motivo de denúncia e de reclamos dos responsáveis pelas crianças e adolescentes. E como quem vive sem limites pode, em algum momento, dizer não ao que é prazeroso, mas corrói o ser humano? Nos dois casos que citei, creio que o problema maior se encontre na ausência de aconchego social.

 

 

 

 

 

MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE -

 Professora e cronista. Coordenadora diocesana da Pastoral da Mulher – Santa Maria Madalena/ Magdala. Jundiaí, Brasil



publicado por Luso-brasileiro às 17:47
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links