PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sábado, 29 de Abril de 2017
PAULO R. LABEGALINI - AS SETE CHAVES

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Labegalini.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um dia li que, segundo o padre vicentino Lucas de Almeida, temos sete chaves para abrirmos o coração e lermos a Bíblia de forma libertadora, agradável e correta. As chaves são fáceis de encontrar, pois estão simbolizadas em nosso próprio corpo. Através delas, encontraremos a Palavra de Deus e entendemos melhor o sentido escondido atrás das mensagens. Eis as chaves:

1. Pés plantados na realidade – Para ler bem a Bíblia é preciso olhar para a vida, conhecer a realidade pessoal, familiar e comunitária do país e do mundo. É preciso conhecer também a condição na qual viveu o povo de Deus. A Palavra não caiu do céu prontinha, ela nasceu das lutas, das alegrias, das esperanças e da fé de um povo.

2. Olhos bem abertos – Um olho deve estar sobre o texto e o outro na própria vida. O que fala o texto da Bíblia? O que fala o texto da vida? A Palavra de Deus está na Bíblia e na vida, e precisamos ter olhos para enxergá-la.

3. Ouvidos atentos – Um ouvido deve escutar o chamado de Deus e o outro escutar o irmão. Às vezes, o chamado é o mesmo!

4. Coração livre para amar – Ler a Bíblia com sentimento, com a emoção que o texto provoca. Só quem ama a Deus e o próximo pode entender o que o Todo-poderoso fala na Escritura e na vida. Existe um coração pronto para viver em conversão?

5. Boca para anunciar e denunciar – Aquilo que os olhos viram, os ouvidos ouviram. E o coração, sentiu a Palavra e a vida?

6. Cabeça para pensar – Usar a inteligência para meditar, estudar e buscar respostas para nossas dúvidas. Ler também outros livros que nos expliquem a Bíblia.

7. Joelhos dobrados em oração – Só com muita fé e oração dá para entender a Palavra e a vida. Pedir o dom da sabedoria ao Espírito Santo para entender a Bíblia.

Além das chaves que abrem nossos corações, o mesmo sacerdote recomenda algumas regras de ouro para a leitura da santa Palavra, que são:

1. Ler todos os dias – Quando tivermos vontade e quando não tivermos também. É como um remédio: com ou sem vontade, tomamos porque é necessário.

2. Ter uma hora marcada para a leitura – Descobrir o melhor período do dia para ouvirmos Deus.

3. Marcar a duração da leitura – O ideal é que seja, no mínimo, de 30 a 40 minutos por dia.

4. Escolher um bom lugar – É bom lermos no mesmo lugar todos os dias. Deve ser um local tranquilo, silencioso, que facilite a concentração e favoreça a criação de um clima de oração. Se, num determinado dia, não pudermos fazer o trabalho no lugar escolhido, não faz mal. Em qualquer lugar e em qualquer hora devemos ler. O importante é lermos disciplinadamente todos os dias.

5. Ler com lápis na mão – Sublinharmos e anotarmos: as passagens mais importantes, tudo aquilo que chamar nossa atenção, e as coisas que Deus falar de modo especial ao nosso coração. Isso facilitará encontrarmos as passagens quando precisarmos delas.

6. Fazer tudo em espírito de oração – Termos um diálogo com Deus: escutarmos, nos sensibilizarmos, chorarmos etc. É um encontro entre duas pessoas que se amam. Quando rezamos, falamos a Deus; quando lemos as Sagradas Escrituras, é Deus quem nos fala.

7. Decidir aplicar os ensinamentos – Para agradar a Deus e caminhar para a eternidade, temos que ser obedientes à Palavra; portanto, quanto antes decidirmos colocá-la em prática, melhor. As oportunidades que teremos para servir o irmão necessitado são limitadas e não podemos desperdiçá-las, mesmo porque dificilmente passaremos pelas mesmas leituras futuramente.

Bem, na verdade, esta sétima regra eu introduzi por considerar que vivemos planejando melhorias em nossa vida e sempre deixamos para depois. Damos desculpas diversas achando que Deus aceita e perdoa tudo. É bom sabermos que também existe a justiça Divina avaliando as nossas atitudes.

Temos que estar sempre vigilantes, porque parte de nós é vontade, mas a outra parte é cansaço; parte de nós é esperança, mas a outra é medo; parte de nós é crença, mas a outra é dúvida; parte de nós é caridade, mas a outra parte é ambição. Porém, nunca deixe de acreditar, porque parte de Deus é amor, e a outra também.

Deixe Jesus Cristo cuidar de tudo e não se arrependerá. Faça de conta que você é inquilino Dele e considere que assinaram um contrato que precisa ser fielmente cumprido. Pense na multa contratual muito alta que fatalmente pode lhe trazer sérios prejuízos. E na casa que alugou, coloque Nossa Senhora como governanta. Peça que ela arrume tudo direitinho para você e que não permita que o Patrão seja ofendido. Pecados? Nem pensar!

Dá para adequar isso à realidade? Com certeza, muito mais felizes são aqueles que conseguem obedecer a Deus e entregar seus problemas à Virgem Maria. Então, para experimentar essas bênçãos, pegue agora mesmo as sete chaves e repasse algumas cláusulas do ‘contrato’. Sabe onde se encontra a sua Bíblia?

 

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI - Escritor católico. Vicentino de Itajubá - Minas Gerais - Brasil. Professor doutor do Instituto Federal Sul de Minas - Pouso Alegre.‘Autor do livro ‘Mensagens Infantis Educativas’ – Editora Cleofas

 

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 19:41
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links