PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 2 de Maio de 2016
PAULO R. LABEGALINI - ATITUDE É TUDO !

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu tenho dois princípios para servir a Deus e aos irmãos: humildade e qualidade. Mesmo sabendo que sou limitado nas minhas habilidades e pecador no comportamento, me esforço para conseguir os melhores resultados possíveis, sem fugir à responsabilidade de cada tarefa.

Hoje, o maior problema que enfrento refere-se à falta de tempo. Embora concordando que a pressa é inimiga da perfeição, os clientes exigem ‘um serviço rápido com garantia de qualidade’. Há muita incoerência nisto, mas é assim que vários consumidores de serviços se comportam, tenham ou não razão.

Para não me prejudicar na saúde, criei uma nova metodologia de trabalho: correr sorrindo. Já que não posso reduzir as inúmeras atividades de cada dia, por que não realizá-las com bom humor? Todos ganham com isso, principalmente eu! Então, quando surge um problema delicado ou sem solução, ao invés de ficar furioso, lamento sorrindo, dizendo algo mais ou menos assim: ‘Só me faltava essa!’.

Logicamente que a oração e a esperança vêm acompanhando tudo aquilo que faço, portanto, quando não é a vontade de Deus que algo aconteça como eu desejaria, procuro compreender que não mereço receber um presente naquele momento e corro atrás do prejuízo, mas, como disse, sem estresse e palavrões, como nesta história:

Uma mulher em tratamento de quimioterapia acordou numa manhã, olhou no espelho e percebeu que tinha poucos fios de cabelo na cabeça.

– Bom – disse ela –, acho que vou trançar meus cabelos hoje.

Assim o fez e teve um dia maravilhoso.

Na semana seguinte, ela viu que tinha somente uns dez fios de cabelo.

– Hum, acho que vou partir meu cabelo no meio agora.

Mais um dia se passou, ela olhou no espelho e percebeu que tinha apenas três cabelos!

– Bem, hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo.

E se divertiu com isso.

No dia seguinte, ela acordou, olhou no espelho e notou que não havia um único fio na cabeça.

– Yes! Não tenho que pentear meu cabelo hoje – falou sorrindo.

Agindo assim, a mulher ajudou muito na sua recuperação e não sofreu a todo instante pelo problema que lhe acometia.

Pois é, atitude é tudo! Vive mais quem é agradável com as pessoas, sabe perdoar, ama intensamente a família, não se apega somente às coisas materiais, age com simplicidade, tem um coração humilde, faz caridade e entrega sua vida a Deus. É difícil ser assim?

Concordo que jamais se desviar desse procedimento chega a ser anormal, mas quando penso nas consequências ruins que resultam das ações de um ser humano nervoso e injusto com o próximo, concluo que vale a pena ser bom, custe o que custar.

Veja a história da francesa Bernadete, por exemplo, a jovem para quem apareceu a Virgem de Lourdes. Ela morreu aos 35 anos e seu corpo foi desenterrado três vezes num intervalo de 46 anos, devido ao processo de canonização, com a incrível surpresa que sempre estava intacto, apesar de seu rosário oxidado e o hábito úmido.

Para surpresa dos médicos que a desenterraram na primeira vez, tudo nela estava incorruptível; e continua assim, começando pelo fígado, que é o primeiro que se danifica, além dos dentes e das unhas. Por suas boas obras, confirmo que ela recebeu a Virgem Maria em uma gruta às margens de um riacho em Lourdes.

Além do mais, tantos anos depois de sua morte, por seu corpo ainda corre sangue líquido. É algo sobrenatural! E por essa obra de Deus, a Igreja decidiu pô-la numa urna de cristal em Lourdes, para a veneração de todos que por ali passam. Hoje, Santa Bernadete teria mais de 160 anos de idade. E você, quanto tempo já viveu?

Não espere um sorriso para ser gentil. Não espere ser amado para amar. Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de um amigo. Não espere o melhor emprego para começar a trabalhar. Não espere ter muito para compartilhar um pouco. Não espere a queda para se lembrar do conselho. Não espere a dor para acreditar na oração. Não espere ter tempo para poder servir. Não espere a mágoa do outro para pedir perdão, nem espere a separação para se reconciliar. Não espere, porque você não sabe quanto tempo tem de vida.

E como eu também não sei, pauto minha vida em atitudes cristãs. Não basta humildade no coração, sorriso no rosto e oração de vez em quando, é preciso tomar iniciativas que me levem a resultados expressivos na evangelização e na caridade. Quanto mais pessoas me ajudarem, maior será a festa no Céu.

Como dizia Antonio Frederico Ozanam, fundador da Sociedade de São Vicente de Paulo: “A caridade deve voltar os olhos para frente, porque as misérias futuras são infinitas”.

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI - Escritor católico. Vicentino de Itajubá - Minas Gerais - Brasil. Professor doutor do Instituto Federal Sul de Minas - Pouso Alegre.‘Autor do livro ‘Mensagens Infantis Educativas’ – Editora Cleofas.



publicado por Luso-brasileiro às 11:52
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Maio 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

favoritos

JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINEL...

pesquisar
 
links