PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sábado, 29 de Agosto de 2020
PAULO R. LABEGALINI - SINAIS DE DEUS NA INFÂNCIA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Labegalini.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- Papai, o que é Páscoa?

- Ora, Páscoa é... bem... é uma festa religiosa.

- Igual ao Natal?

- É parecido, só que, no Natal, comemora-se o nascimento de Jesus e, na Páscoa, comemora-se a sua ressurreição.

- Ressurreição?

- É, ressurreição. Marta, vem cá! Explica pra esse menino o que é ressurreição pra eu poder ler o jornal.

- Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu?

- Mais ou menos. Mamãe, Jesus era parente de algum coelho?

- Que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que você foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo.

- Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?

- É filho, Jesus e Deus são a mesma pessoa. Você vai estudar isso no catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.

- O Espírito Santo também é Deus? E Minas Gerais?

- Que sacrilégio!

- É por isso que a Ilha da Trindade fica perto do Espírito Santo?

- Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus! É meio complicado, nem a mamãe entende direito, mas, se você perguntar no catecismo, a professora explica tudinho!

- Bom, se Jesus não é parente de nenhum coelho, quem é o coelho da Páscoa?

- Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente, ele traz ovinhos.

- Coelho bota ovo?

- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!

- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?

- Era, era melhor. Ou então, urubu!

- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né? E em que dia ele morreu?

- Isso eu sei: na sexta-feira santa.

- Que dia e que mês?

- Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na sexta-feira santa e ressuscitou três dias depois, no sábado de aleluia.

- Um dia depois.

- Não, três dias.

- Então ele morreu na quarta-feira.

- Não, morreu na sexta-feira santa.... ou terá sido na quarta-feira de cinzas? Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois!

- Como três dias?

- Ora, pergunte à sua professora de catecismo!

- Papai, e por que amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua?

- É que hoje é sábado de aleluia e o pessoal vai fazer a malhação do Judas, que foi o apóstolo que traiu Jesus.

- O Judas traiu Jesus no sábado?

- Claro que não! Se ele morreu na sexta!

- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?

- Boa pergunta! Filho, atende o telefone pro papai e, se for um tal de Ricardo, diz que eu saí.

- Alô, quem fala? Seu nome é Ricardo Coelho Pascoal? Meu pai foi comprar ovo de Páscoa. Ligue mais tarde, tchau... Papai, qual era o sobrenome de Jesus?

- Cristo. Jesus Cristo.

- Só?

- Que eu saiba sim, por quê?

- Não sei não, mas acho que o nome dele era Jesus Cristo Coelho Pascoal. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?

- Coitada da sua futura professora de catecismo!

Bem, além de engraçado, este diálogo serve para refletirmos um pouco sobre a formação cristã dos nossos filhos. Será que nós, pais, deixamos claro a eles a missão que têm aqui na Terra? Você, quando criança, sabia o que significava ser ‘luz do mundo’ ou ‘sal da terra’? Se os pais não participarem da catequese dos filhos, eles conhecerão a Deus pelos caminhos do amor? Infelizmente, quando muitos pais abrem os olhos e procuram levar os jovens à igreja, já é tarde.

Epa! Fazendo o papel do menino deste artigo, eu pergunto: ‘É certo dizermos que é tarde para alguém conhecer Jesus Ressuscitado?’. Se você responder: ‘Não, porque a Misericórdia Divina nos perdoa e abraça em qualquer momento de arrependimento’, eu concordo, mas pra quê esperar a época de sofrimento extremo para se aproximar de Deus? É justo um casal colocar um filho no mundo e deixar ‘os amigos’ levarem-no para caminhos obscuros?

Eu sei que quase nenhum pai pensa assim e nem premedita a perdição do filho, mas quando não o conduz aos caminhos santos de Jesus e Maria, mais cedo ou mais tarde, acabarão arrependendo-se. Portanto, o filho mais amado é o filho abençoado na missão que Deus lhe deu. E nenhuma missão agradará mais a nosso Senhor do que amar a Deus de coração e servir o próximo. Nada disso se aprende na rua, mas dentro da Mãe Igreja.

 

 

 

 

PAULO ROBERTO LABEGALINI Escritor católico. Vicentino de Itajubá - Minas Gerais - Brasil. Professor Doutor do Instituto Federal Sul de Minas - Pouso Alegre.‘Autor do livro ‘Mensagens Infantis Educativas’ – Editora Cleofas.

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:05
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links