PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sexta-feira, 26 de Julho de 2019
VALQUÍRIA GESQUI MALAGOLI - DE MULHERES E DE HOMENS

 

 

 

 

 

 

 

 

Valquiria Malagoli.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

 

Apesar de notórios constantes avanços, os tempos atuais andam também para trás.

Sermos excessivamente duros, seja conosco seja com os demais, não resolve. Porque nem tudo é hipocrisia. É uma batalha mantermo-nos fieis aos próprios ideais dia a dia.

Viver requer balanço.

Por exemplo, adoro dançar. E, de fato, balanço; não danço.

Importante mesmo é a alegria, a liberdade do espírito pelas vias do corpo.

Sempre me policiei muito. Por isso, não “dançava” em lugares públicos. Só na sala de casa.

Agia com cuidado, afinal, por aí, a maioria dos homens julga “má” a conduta de mulheres que saem se chacoalhando sozinhas. E eu não queria parecer vulgar (para dizer o mínimo) diante dos supostos donos do mundo.

Identicamente tolhida pelas “boas” maneiras, eu não me dirigia ao balcão, pedindo um drink.

Ou seja, sair era “poda”, sim: poda, haja vista eu ser toda vez podada.

Podada em minhas vontades, sordidamente deturpadas pelos pensamentos dominantes, sob os quais vinha inclusive eu dominada.

Podada pelos amigos, podada pelos parentes, podada por quem “bem” me quer.

Podada pelo hábito de deixar-me podar.

Dei-me conta disso um dia desses, aqui nesta mesma sala desta mesma casa da qual lhes falei ali atrás que tanto me testemunha dançar solitária.

Dei-me conta, como eu dizia, ao recriminar minha filha, que vestia um short jeans, por largar-se muito à vontade no sofá.

Sem quaisquer vis intenções, sua atitude contrastava com as convenções.

Atitude apesar da qual ela continuava a mulher linda, incrível e que me surpreende ter sido por mim acompanhada, sendo tantas vezes estimulada, todavia, tantas tolhida, podada!

Ela me disse “e daí, mãe?”. Na hora pensei que a minha mãe, por sua vez, nessa hora teria batido em minha boca. Por extremo amor e sabedoria materna que não desprezo. Agradeço.

Ocorre que o tempo corre. Ele passa. E os tempos agora são outros. E eu só, no caso, pude rir. Ri de mim mesma. E ri para minha filha. E eu disse “e daí?”!

Choca-me deveras ver olhar de reprovação em pessoas jovens. Sobretudo em jovens amigas quando danço. Tomara que seja só porque danço mal.

Caso contrário, as coisas – para nós mulheres –, em função de nós mesmas, continuarão de mal a pior.

 

 

 

Valquíria Gesqui Malagoli, escritora e poetisa, vmalagoli@uol.com.br

 



publicado por Luso-brasileiro às 11:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links