PAZ - Blogue luso-brasileiro
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2016
VALQUIRIA GESQUI MALAGOLI - O PRIVILÉGIO DA ESCOLHA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

            Faxinar é um privilégio, entre outros.

Espanando, tiro da estante Roland Barthes: “A ‘inocência’ moderna fala do poder como se ele fosse um: de um lado, aqueles que o têm, de outro, os que não o têm; acreditamos que o poder fosse um objeto exemplarmente político”.

Recordo a adolescência. A juventude e seu jogo de desautorização. Ah, a juventude!, graciosa hora em que desautorizando outrem, tomamos a autoridade inteira só pra gente.

Dizer isso ao jovem, porém, é pedir resposta atravessada, ofendida; é encher-lhes o peito da arrogância de que já já falaremos.

            Crescemos...

E descobrimos que, a certa altura da vida, a própria não tem paralelo honesto com a palavra que a denomina, a não ser em comerciais de televisão.

            O tempo é o senhor.

            E o tempo todo o que se ouve? Que esse aqui é o grande teatro da vida, e que esse mundo é um palco e blá blá blá...

            À parte a veracidade do simbolismo, posto que ele é um subterfúgio literário a serviço da língua, e portanto, do que de fato se quer dizer, porque de fato existe... da minha parte e sem fazer cena, sem máscara, digo a plenos pulmões: sem talento algum para a farsa, escolho desvincular-me de tudo que é representação; leia-se “falso”.

            Escolha livre e inconteste, amparada na experiência que só o correr dos anos traz.

            Escolho-o com o propósito de abrir mão do que é excessivo, do que é arrogância, esta coisa abominável que aprendi com os mais velhos, e, sobretudo comigo mais velha, a abominar!

            Escolho, porque escolher é o maior entre os privilégios, e porque eu e alguns de vocês “acreditamos agora que (o poder) é também um objeto ideológico, que ele se insinua nos lugares onde não o ouvíamos de início, nas instituições, nos ensinos, mas, em suma, que ele é sempre uno. E no entanto, se o poder fosse plural, como os demônios? ‘Meu nome é Legião’, poderia ele dizer: por toda parte, de todos os lados, chefes, aparelhos, maciços e minúsculos, grupos de opressão ou de pressão: por toda parte, vozes ‘autorizadas’, que se autorizam a fazer ouvir o discurso do poder: o discurso da arrogância.”.

E porque nem eu nem vocês queremos esse poder no poder.

 

 

 

 

VALQUÍRIA GESQUI MALAGOLI, escritora e poetisa,  vmalagoli@uol.com.br / www.valquiriamalagoli.com.br

 

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 12:06
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links