PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
VALQUÍRIA GESQUI MALAGOLI - OVO(S) PODRE(S)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Valquiria Malagoli.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo começou por causa de um ovo podre...

Arrisquei-me sem que houvesse pressa. Foi excesso de confiança mesmo.

Lição do dia: nem em ovos se pode confiar!

Ao quebrar o segundo, a fim de acrescentá-lo à massa do pão, perdi todo o trabalho.

Quem aí já experimentou esse desgosto entende: pior do que não saber quem veio primeiro – o ovo ou a galinha – é não saber mais que produtos empregar de modo a eliminar aquele cheiro ruim impregnado na cozinha.

Durante a limpeza do ambiente e recomeço do serviço de padeira, lembrei-me de pronto do papo de algumas semanas atrás, na casa de uma amiga...

Falávamos que não obstante os tantos anos de cozinha (duas de nós uns vinte e poucos cada, e a outra o dobro), exatamente a com mais experiência jamais passara por tal infelicidadezinha, enquanto que as outras duas, entre as quais eu, uma vez apenas cada.

Lembrei-me, após, da infância. Claro! Eu não poderia ter devorado tanto Casimiro de Abreu em tenra idade sem ter absorvido, ou melhor, ter sido absorvida por certo lirismo essencialmente saudoso de colos e outras coisas tais.

O que quero dizer é que me lembrei de que, quando via minha mãe cozinhar, eu enlouquecia; achava tudo mágico!!!

Hoje sei que a ciência explica o fermento fazer crescer... os bolinhos de chuva subirem no óleo durante a fritura e os nhoques na água do cozimento... sei até porque a cebola me faz chorar, e não é porque sou poeta e choro por qualquer coisa!!!

Sei agora que minha avó não era feiticeira. Só que quando ela colocava semente de erva-doce no bolo de fubá e eles não iam todos para o fundo da forma, ao contrário se distribuíam organizadamente em meio a tanta fofura... ah, eu achava que ela era sim!

Uma tia me fez amar pimentão, a outra me fez adorar quiabo... Hoje acho simples, só que à época, ah, foi mágica!

Será que de geração em geração a mágica se dilui? Desfaz-se?

Ou minha pinta no nariz não indica bruxaria alguma, ou sei lá... minha filha é mesmo inteligente demais pra se encantar com as pequenas lidas do cotidiano...

Às vezes acho que essa onda de delivery deixou tudo insosso. Só que quando é um sabadão à noite e eu estou esgotada do umbigo no fogão... dou graças por ele existir.

Tudo tem seu fim.

 

 

 

Valquíria Gesqui Malagoli, escritora e poetisa, vmalagoli@uol.com.br

 



publicado por Luso-brasileiro às 12:00
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links