PAZ - Blogue luso-brasileiro
Sexta-feira, 28 de Junho de 2019
VALQUÍRIA GESQUI MALAGOLI - ROXO E AMARELO

 

 

 

 

 

 

 

 

Valquiria Malagoli.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostar, penso eu, é tão relativo quanto a Verdade, que de absoluta tem absolutamente nada!

Por exemplo, me fugiria ao entendimento tanto melindre em torno da duração do mês de agosto.

Tanto ele dura, quanto, enquanto dura, ouço uma piada atrás da outra acerca de sua longevidade e de como (sabe-se lá por que), por conseguinte, isso é supostamente ruim.

Porém, claro, isso não me foge ao entendimento. Eu disse que me fugiria.

Disse-o e repito porque sabemos quão vário é o homem e, no universo deste, seu vário universo do pensar.

Gostoso, penso eu, enfim, é sentir e viver Simplicidade.

E acho que sinto e vivo isso que ora digo, cada vez mais rasgadamente, à medida que a vida vem me afastando de tudo que é simples.

Aliás, acho que isso, aqui dentro, bem lá no fundo, é mais do que gostar. É questão de identidade. Coisa de identificação.

Mas, tudo bem. Eu consigo viver assim. A gente se adapta.

A criatura humana tem uma capacidade admirável de se adaptar aos torvelinhos que ela mesma cria. Ora se gira em falso, ora se roda a baiana...

Tenho me adaptado e, confesso, vivido bem vivendo bem bastante apesar de bastante mal em vista do incômodo com o mal ao redor.

Entendeu?

Apesar do exposto, há, como digo, um constante desgosto em relação a sobreviver em meio a tanto gosto não gosto.

Sinto que este não é meu lugar. Seja ele qual lugar for.

Sinto um desamparo.

Contudo, como volta e meia topo com outros desamparados como eu, me consolo.

Quanto ao mês de agosto... ah, que gosto! Foi a respeito e – em respeito – a ele que escrevi um dos meus mais simples poemas e que, portanto, figura entre os meus prediletos: “ainda nem é agosto/ e já estou agostar de tudo”. Um simples dístico.

Em agosto, aqui em nossa cidade, as ruas amarelam e arroxeiam em tons diversos sob as sombras de quaresmeiras tardias, jacarandás mimosos que fazem jus ao nome, ipês estupidamente radiantes, sibipirunas e outras árvores, arbustos e florinhas rasteiras das quais não sei os nomes, todavia, nem por isso me entontecem menos por ver.

Sinto que meus olhos são abençoados e minha alma surpreendida toda vez que vejo uma dessas magníficas criaturas que nascem ou resistem ao mês de agosto.

Como eu gosto! Como eu gosto!

 

 

 

Valquíria Gesqui Malagoli, escritora e poetisa, vmalagoli@uol.com.br

 

 



publicado por Luso-brasileiro às 10:48
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
arquivos

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

pesquisar
 
links